Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PINGO

O pingo cai
E sofre
Um forte respingo

O pingo some
E se torna coroa
Sem nome

O pingo desce
Como filete
Sem fome

O pingo pula
E saltita
Como pulga

O pingo cai
E se choca
Como pedra

O pingo de Luz
Brilha
E reluz

O pingo é forte
Sobre pedra
Como um corte

O pingo é som
Que canta
No mesmo tom

O pingo brilha
E ilumina
Como ponto de luz

Cadê o pingo?
Caiu no olho
Ou caiu para cima?

Um pingo
Dois pingos:
E uma chuva de gringos.
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Enviado por Pedro Ernesto Prosa e Verso em 04/05/2006
Reeditado em 04/05/2006
Código do texto: T150122
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Pedro Ernesto Prosa e Verso
Fortaleza - Ceará - Brasil
439 textos (8782 leituras)
1 e-livros (6 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:34)
Pedro Ernesto Prosa e Verso

Site do Escritor