Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
PORTO DE GALINHAS

I

No azul de águas claras
não há porto nem galinhas,
apenas jangadas.

II

Mar batendo em pedras
no recanto dos corais
assusta mariscos.

III

Velas jangadeiras
sugerem pipas ao vento
colorindo o céu.

IV

Dispersos na praia
tocos de rolar jangada
reciclam coqueiros.

Cyro Mascarenhas
Enviado por Cyro Mascarenhas em 18/10/2007
Reeditado em 10/07/2011
Código do texto: T699839

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=17639). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cyro Mascarenhas
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 73 anos
1387 textos (129657 leituras)
2 e-livros (860 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 16:34)
Cyro Mascarenhas