Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta!

Ao olhar o céu estrelado...
Vejo quantos corações solitários,
A brilhar na imensidão do céu...
Como o meu!

Quantas paixões incomprendidas...
Quantos sonhos perdidos...
Quanta desesperança!

O amor parece traiçoeiro diante de...
Tanta dedicação!
Poetas escrevem o amor...
Seus dissabores, suas ilusões!

Vivemos em um mundo individualista...
Onde as pessoas, só enchergam a si mesmo.
Mas o mundo não pode viver sem amor!
Sem desistir de lutar!

Então caminharemos rumo ao nosso Pôr-do-sol!
Alimentando nossa esperança, fé e coragem!
Acreditando, sobre quaisquer circunstância...
Que o amor é eterno!

Novos sonhos nascem...
Novos amores florescem...
Como a cada primavera...
Novos poetas nascem dos corações enternecidos dos homens!

Viva o amor!
Viva os bravos soldados do amor!
Os poetas, e suas mentes brilhantes...
Que mesmo seus corações sangrando...
Nos enchem de esperanças, força e vigor!

Com seus versos e prosas que encantam nossos corações!
Viva os poetas e suas mentes aladas!
Viva os Poetas do Recanto!
Esses seres encantados que expressam como ninguém...
Os sentimentos mais verdadeiros que carregamos nos nossos corações!
Abençoados sejam os amados Poetas do Recanto das Letras!

Essa é uma  pequena homenagem, que lhes ofereço por todo carinho que me acolheram nesse lindo paraíso que é o Recanto das Letras!
Adriana Mallet
Enviado por Adriana Mallet em 08/03/2006
Reeditado em 08/03/2006
Código do texto: T120398

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Adriana Mallet). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adriana Mallet
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
168 textos (22431 leituras)
2 áudios (370 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:32)
Adriana Mallet