Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Garotinha.. Menina-Moça.. Princesa, em fim, MULHER!!!

              Era apenas uma garotinha,
                     Que tinha medo do escuro
                              E acreditava em Papai Noel.

           A garotinha cresceu...
           A garotinha que tinha medo do escuro de repente                                                     virou
menina-moça.

Como uma Cinderela
 Ela sonhou encontrar seu Príncipe encantado,
   E um sapatinho de cristal calçar.

                Um dia, a menina-moça
              em mulher, se transformou.

               A mulher pensa.
                    A mulher sente.
                         A mulher sofreu
                              A mulher amadureceu

      A mulher agora tem sua própria varinha de condão.
De transformar seu conto de fadas em realidade pois ela tem anseios, desejos.
                  De conquistar seu amor próprio.
                  De conquistar seus sonhos.

   A fantasia se foi... A realidade ficou,
     A realidade de ter sua própria identidade e sua felicidade encontrar.

                De ser apenas uma mulher....
           Que sonha sem esquecer a realidade ...
        Ame a si propria, e se valoriza para ser amada ..




08.03.2003@
Cecilía Maia em Memória.

Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 08/03/2006
Reeditado em 10/03/2011
Código do texto: T120407
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2860 textos (287384 leituras)
56 áudios (8741 audições)
4 e-livros (926 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:49)
Mone TCarmo

Site do Escritor