Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cá entre nós, mulheres...

Cá entre nós, mulheres...


Nós menstruamos e fluímos com a vida...



Nós menstruamos e em cada menstruação provamos o quanto somos dignas e damos a vida aos homens e mulheres. Jamais pensamos em usar nosso poder de concepção para dominar o mundo, fazê-lo feminino. Doamos nosso amor, educamos as crianças para o mundo e deixamos que façam suas escolhas.

Nós menstruamos e em cada menstruação provamos o quanto somos fortes. Sangramos e ainda temos muita energia para levarmos a vida no mesmo ritmo. Um homem não agüentaria sangrar como nós.

Nós menstruamos e em cada menstruação provamos ao mundo o quanto somos capazes de nos transformar. O ventre poderia estar concebendo um ser. Uma sagrada vida. Um grande ser feminino ou masculino. Para mãe não importa o sexo. Será amado.

Nós menstruamos e em cada menstruação provamos através das indisposições físicas que sentimos, que ser mulher está doendo em nosso corpo. Queremos respeito e valorização pelo que somos.

Nós menstruamos e em cada menstruação provamos que podemos nos comunicar com a natureza. Na antiguidade, antes de existir a luz e o calor artificial, todas mulheres obedeciam aos ciclos da lua com seu corpo. Sangravam juntas, tornando este ato uma grande comunhão entre a natureza e o feminino. Isto ainda acontece naturalmente com mulheres que trabalham ou moram juntas.

Nós menstruamos e em cada menstruação aprendemos com a experiência. Os homens não costumam olhar para experiência e ela é a melhor das escolas. Basta um pequeno olhar no passado para entendermos que os movimentos estão se repetindo. A vida fala e ensina através da experiência.
 
Pesquisa: poder feminino


Tainara

Tai
Enviado por Tai em 22/03/2006
Código do texto: T127023
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tai
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
27 textos (1514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:04)
Tai