Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Textos "falsos" atribuídos a Luis Fernando Verissimo (LFV) ...Informativo

Por motivos que ninguém explica, diversos textos de outros autores circulam pela internet como sendo de Luis Fernando Verissimo. Isso ocorre com outros autores também, mas o estilo mais casual de Verissimo parece torná-lo um alvo fácil. Veja o que Verissimo tem a dizer sobre isso*.

Abaixo, uma lista de textos falsamente atribuidos a Verissimo, compilada por Elson Barbosa (moderador da comunidade no Orkut - Luis Fernando Verissimo):

- LFV e o Desarmamento / Aprenda a Chamar a Polícia (ñ é autor: Rossano Cancelier, é de Autor Desconhecido, vide o texto em google english, Cancelier foi possivelmente o tradutor)
- Quase (autora: Sarah Westphal)
- Dar Não é Fazer Amor (atribuída a Tati Bernardi)
- Depoimento Sobre as Drogas / Pagodeaxéfunk... Drogas da Pesada! (autor: Vitor Trucco)
- Hipocondríaco (autor: Silvio Lach)
- Um Dia de Modess (Rolinha)
- Tipo Assim (autor: Kledir Ramil)
- O Direito do Palavrão (Pedro Ivo Resende)
- A Verdade Sobre Romeu e Julieta (Francine Bittencourt de Oliveira)
- A Impontualidade do Amor (autora: Martha Medeiros)
- Mulheres Modernas / Mulheres Empresárias (autor: Arnaldo Jabor)
- O Que Faz Bem À Saúde / Previna-se (Martha Medeiros)
- Pedindo Uma Pizza em 2009 (autor: Daniel Kurtzman)
- Namoro em Tempos Modernos / Árvore Genealógica (autor: Bond Bilau)
- Filtro Solar (autor: Baz Luhrmann)
- Verão Chegando / The Summer is Tragic! (autora: Rosana Hermann)
- Ainda Bem Que Eu Dei (autora: Daniela Mel)
- Proctologista / Pedido de Amigo (autor: Jacob El-Mokdisi)
- Um homem inteligente falando de mulheres e/ou Salvem as Mulheres
= Mulher – Manual de Preservação da Espécie (autor: Fábio Reynol)

- "Texto do BBB" ( = BBB: Bela Bo$ta Bra$ileira -  autor: Marcelo Guido)

Sugestão participe da Comunidade orkut: Afinal, quem é o autor?

- A Pessoa Errada (Autoria Desconhecida)
- Desabafo de um Marido (Autoria Desconhecida)
- Aquele do Remédio e do "Esquece" (Autoria Desconhecida)
- Um Dia de Merda (Autoria Desconhecida)
- Um Dia de Modess (Autoria Desconhecida)
- Verão Chegando (Autoria Desconhecida)
- Necessidades Sexuais / Marte e Vênus (Autoria Desconhecida)
- Big Brother Brasil 4 (Autoria Desconhecida)
- Entrevista com Deus (Autoria Desconhecida)
- Ainda Bem Que Eu Dei (Autoria Desconhecida)
- Dez Coisas Que Levei Anos Para Aprender (Autoria Desconhecida)
- Precisando de Amor (Autoria Desconhecida)
- Sobrevivência / Como Conseguimos Sobreviver? (Autoria Desconhecida)
- Casamento Moderno (Autoria Desconhecida)
- Sobre o Amor (Autoria Desconhecida)
- Oração dos Desesperados / Oração dos Estressados/Oração dos Estressadinhos (Autoria Desconhecida)
- Nada como a Simplicidade... (Autoria Desconhecida)
- Nota de falecimento/ Morreu quem atrapalhava o crescimento da empresa  (Autoria Desconhecida)
- Mulheres (Autoria Desconhecida)
- Nada como a Simplicidade... (Autoria Desconhecida)
- Coisas de um Coração Apaixonado / Falo a Língua dos Loucos / Quem   Nunca Teve... (Autoria Desconhecida)
- Fodeu-se / Foda-se (Autoria Desconhecida)
- Às Vezes / Quando o Coração Doe Até Sangrar (Autoria Desconhecida)
- A felicidade pode demorar (Autoria Desconhecida)
- Complexidade feminina! (Autoria Desconhecida)
- - Felicidade pode demorar (vulgo título =  A Vida e o Amor do autor François de Bitencourt) 
- Como roubar um coração/Roubo! (Autoria Desconhecida)
- Degustação de vinho em Minas e/ou O MINERIM E O DEGUSTADOR DE VINHO (Autoria Desconhecida)
- Depilação masculina (Autoria Desconhecida)
- A Vergonha, crônica sobre o BBB 10 (Autoria Desconhecida) e BBB basta de besteirol no Brasil (s/ referenciais p/ LFV)

- O que é Globalização? (texto c/ provável origem em inglês, que fora traduzido: autor desconhecido)
- Racismos DE LFV (OBS: possui a inserção de um texto de origem desconhecida no último parágrafo, vide: ORIGINAL no "Meu Diário")

- Tudo o que vicia começa com c (Ricardo Mallet)

Caso encontrarem o autor desconhecido de algum texto mencionado acima até o momento, favor indicar no e-mail - pessoal (Contatos aqui no Recanto, e/ou no mural do Orkut - recados), pois as listas vem sendo constantemente atualizadas .

Nota: Desconfie de textos repassados com o nome de LuiZ Fernando VerÍssimo, de modo geral são falsos.
__________________________

/lfv é um site dedicado ao escritor, cartunista e músico Luis Fernando Verissimo.

www.dotdotdot.com.br/lfv/diversos/textos_falsos.php

___________________________________________________


Atenção para:
Textos que repetitivamente vem sendo atribuídos a LFV:

EXIGÊNCIAS DA VIDA MODERNA "Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro. E uma banana pelo potássio. E também uma laranja pela vitamina C." (...) Apesar de ser atribuído a Martha Medeiros é de autoria desconhecida.


* * *

O Que Faz Bem À Saúde / Previna-se (Início do texto: Trecho...) "Cada semana, uma novidade. Acho a maior graça. Tomate previne isso, cebola faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema (...) Martha Medeiros, provavelmente sendo divulgado com enxertos.

* * *

(Ínicio de outro texto...) "Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo (...)  Texto de nome: Quase por Sarah Westphal Batista.

* * *

(Início do texto: Trecho...) "Carlinhos - Papai, o que é Páscoa?"
Texto adaptado para teatro de Antonio Rocha Neto, nome DÚVIDAS PASCAIS = Para conferir na radiodifusão, acesse www.senado.gov.br/radio (dentro do site, clique em Programas e localize o programa Contos que Encantam).


* * *

Nomes atribuídos: Nada como a convivência e um dia após o outro...// É dando que se recebe// MALDITA VINGANÇA... Ou AS MULHERES SÃO UMAS PERVERSAS... ?!// O parto... // Vigança deliciosa

Início do trecho (...) Vinte anos. Ah, os vinte anos. De casados, claro! Casamos novos. Ela com 19 e eu com 20 anos de idade. Lua-de-mel, viagens, mobílias na casa alugada, prestações da casa própria e o primeiro bebê. (...) Texto de nome: Pedido de amigo por J. Miguel (Jacob El-Mokdisi)

* * *

O sentido da Vida, por Bradley Trevor Greive
Tradução Luis Fernando Verissimo
Editora Sextante, Rio de Janeiro, 2002

Nota: SOMENTE TRADUÇÃO.

* * *

Trecho:
(...) O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss (...) 

Autoria: Deanna Troi

O nome original do texto parece que é "Nada Mudou" está no blog(ue) da Deanna é o Leitores Escassos.

Outros títulos: O COLLANT VIROU BODY / Sinal dos tempos / E tudo mudou / Mudanças

* * * 

Títulos: PAPO DE AMIGAS AO TELEFONE // Amigas ao telefone // Duas amigas ao telefone // Mulher Moderna

(Trecho inicial)

- Como foi o encontro de ontem à noite?
 
- Horrível, não sei o que aconteceu... (...) AD

* * * 

Para roubar um coração e/ou roubo

(...)  Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, (...) AD

AD = Autor Desconhecido


* * *


FRASES ATRIBUÍDAS

 
O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. [LFV, carece de fontes]
 
“Os tristes acham que o vento geme; os alegres acham que ele canta.” (Zalkind Piatigorsky)

.......................


Não goste apenas do amor

Goste de alguém que te ame, alguém que te espere, alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura; de alguém que te ajude, que te guie, Que seja seu apoio, tua esperança, teu tudo.

Goste de alguém que não te traia, que seja fiel, que sonhe contigo, que só pense em você, que só pense no teu rosto, na tua delicadeza, no teu espírito; não só no teu corpo, nem em teus bens.

Goste de alguém que te espere até o final, de alguém que sofra junto contigo, que ria junto a ti, que enxugue suas lágrimas; que te abrigues quando necessário, que fique feliz com tuas alegrias e que te dê forças depois de um fracasso.

Goste de alguém que volte pra conversar com você depois das brigas, depois do desencontro. De alguém que caminhe junto a ti, que seja companheiro, que respeite tuas fantasias, tuas ilusões.

Goste de alguém que te ame. Não goste apenas do amor.
Goste de alguém que sinta o mesmo por você...

[Favor não repassar como sendo de Luis Fernando Verissimo = AD, autor desconhecido]

* * *


(...) Na ficha da loja sou CLIENTE, no restaurante FREGUÊS, quando alugo uma casa INQUILINO, na condução PASSAGEIRO, nos correios REMETENTE, no supermercado CONSUMIDOR.(...) = AD 
 
__________________________________________________


Presque

(texto de LFV publicado no jornal ZH em 24/03/2005*)

A internet é uma maravilha, a internet é um horror. Não sei como a Humanidade pôde viver tanto tempo sem o e-mail e o Google, não sei o que será da nossa privacidade e da nossa sanidade quando só soubermos conviver nesse cyberuniverso assustador. O mais admirável da internet é que tudo posto nos seus circuitos acaba tendo o mesmo valor, seja receita de bolo ou ensaio filosófico, já que o meio e o acesso ao meio são absolutamente iguais. O mais terrível é que tudo acaba tendo a mesma neutralidade moral, seja pregação inspiradora ou pregação racista — ou receita de bomba — já que a linguagem técnica é a mesma e a promiscuidade das mensagens é incontrolável. Não temos nem escolha entre o admirável e o terrível, pois acima de qualquer outra coisa a internet, hoje, é inevitável.

Uma das incomodações menores da internet, além das repetidas manifestações que recebo de uma inquietante preocupação, em algum lugar, com o tamanho do meu pênis, é o texto com autor falso, ou o falso texto de autor verdadeiro. Ainda não entendi o recado ou a estranha lógica de quem inventa um texto e põe na internet com o nome de outro, mas o fato é que os ares estão cheios de atribuições mentirosas ou duvidosas. Já li vários textos com assinaturas improváveis na internet, inclusive vários meus que nunca assinei, ou assinaria. Um, que circulou bastante, comparava duplas sertanejas com drogas e aconselhava o leitor a evitar qualquer cantor saído de Goiânia, o que me valeu muita correspondência indignada. Outro era sobre uma dor de barriga desastrosa, que muitos acharam nojento ou, pior, sensacional. O incômodo, além dos eventuais xingamentos, é só a obrigação de saber o que responder em casos como o da senhora que declarou que odiava tudo que eu escrevia até ler, na internet, um texto meu que adorara, e que, claro, não era meu. Agradeci, modestamente. Admiradora nova a gente não rejeita, mesmo quando não merece.

O texto que encantara a senhora se chamava "Quase" e é, mesmo, muito bom. Tenho sido elogiadíssimo pelo "Quase". Pessoas me agradecem por ter escrito o "Quase". Algumas dizem que o "Quase" mudou suas vidas. Uma turma de formandos me convidou para ser seu patrono e na última página do caro catálogo da formatura, como uma homenagem a mim, lá estava, inteiro, o "Quase". Não tive coragem de desiludir a garotada. Na internet, tudo se torna verdade até prova em contrário e como na internet a prova em contrário é impossível, fazer o quê?

Eu gostaria de encontrar o verdadeiro autor do "Quase" para agradecer a glória emprestada e para lhe dar um recado. No Salão do Livro de Paris, na semana passada, ganhei da autora um volume de textos e versos brasileiros muito bem traduzidos para o francês, com uma surpresa: eu estava entre Clarice Lispector, Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira e outros escolhidos, adivinha com que texto. Em francês ficou Presque.

/lfv é um site dedicado ao escritor, cartunista e músico Luis Fernando Verissimo.

Nota: Autoria atribuída a Luis Fernando Verissimo, mas que ele mesmo diz ser de Sarah Westphal Batista da Silva, em sua coluna do dia 31 de março de 2005 do jornal O Globo.

 "Acho o texto bem escrito. Tem assim um estilo auto-ajuda, de motivação." (Luis Fernando Verissimo sobre Sarah Westphal Batista da Silva) Do site Observatório da Impressa / artigo: Mistério Resolvido.

(Nome do real autor: Luis com "s" sem acento agudo no segundo "i")
____________________________________________________

http://www.literal.com.br/?autor=luis-fernando-verissimo

(lfv) wwikiquote http://pt.wikiquote.org/wiki/Luis_Fernando_Verissimo

http://www.releituras.com/lfverissimo_alianca.asp

ZERO HORA (Colunas)
http://www.clicrbs.com.br/jornais/zerohora

_____________________________________________________

Dez coisas que levei anos para aprender...

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou empregado, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha)

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda Nunca sua carreira com sua Vida.

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".

8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Lembre-se: nem sempre os profissionais são os melhores. Um amador construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

Autor: Dave Barry (colunista e humorista USA)

http://www.enginesofmischief.com/makers/evan/sigs/barry.html


arte final/colaboração: Eurico Junqueira

________________________

Ajude-nos a combater a "epidemia" que vem trocando os nomes na Literatura, repassando os nomes corretamente ou mantendo da forma original mesmo os textos de Autoria Desconhecida, até agora (caso os autores não quiserem ainda ser identificados), para que não prolifere nos blog(ues) informações incorretas; ainda há os que se preocupam em identificar e repassar a veracidade das informações c/ os devidos dados bibliográficos. Procurem verificar se há referências no s(a)ite dos Autores, consultem artigos/jornais/bibliotecas virtuais e reais.
_____________________________________________

Os falsos repasses com relação a "net", não estão ocorrendo apenas com LFV, mas com os escritores nacionais e internacionais/pintores que chegam a ser repassados para as escolas para "reflexão" ACREDITEM SE QUISER! (INFORMATIVO - rosangela_aliberti)

"Pessoas buscam 'bezerros de ouros' para transformá-los em porta-vozes, 'idolatrando-os' desvalorizando a Força e Fé que é inerente em si." (Rosangela_Aliberti)

"Aprenda a melhorar suas pesquisas “via net” respeite os mais velhos, e confie na própria capacidade na construção das suas próprias opiniões." (Rosangela_Aliberti)

_________________________

CAMPANHA Troque um texto de origem duvidosa, pelo do Verdadeiro Autor (mesmo que seja por hora DESCONHECIDO)
PESQUISE.

*

Grupo Flores Amarelas - yahoo
Poesias e Reflexões (na moderação)

"Elogie em público, critique em particular". (H. Jackson Brown Jr.)

*

Foto de origem desconhecida

Rosangela Aliberti
Enviado por Rosangela Aliberti em 28/04/2006
Reeditado em 04/07/2015
Código do texto: T147039
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosangela Aliberti
Atibaia - São Paulo - Brasil
345 textos (1550241 leituras)
33 áudios (64196 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:46)
Rosangela Aliberti

Site do Escritor