Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um pouco de Joyce Cavalccante-Presidente da REBRA


Joyce Cavalccante é presidente da REBRA,Rede Brasileira de escritoras,e mantém,com pulco,o grande contingente de afiliadas,a par de certames,lançamentos,encontros,entrevistas,além de editar,pelo selo REBRA,em parceria com a Editora Scortecci,as antologias e livros de sua sassociadas.
Não é comum que alguém com tantos "que fazeres" pessoais(vejam abaixo,as resenhas dos seus livros),gaste boa parte do tempo a agregar,divulgar,incentivar outras pessoas como mesmo metier.
Joyce sabe,com o mesmo "savoir faire",qual uma diretora de colégios para moças,puxar asorelhas das pupilas e emprestar-lhes ânimo e coragem.
Qdo,recentemente,passei por um período ,no mínimo difícil,ela preocupou-se em enviar palavras de ânimo,várias vezes-e sou testemunha de sua generosidade,pela qual serei sempre grata..
Portanto,é com prazer que repasso um pouco desse tanto que é sua vida profissional.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes
Transcrevo,da REBRA:

"JOYCE CAVALCCANTE é romancista, contista, cronista e jornalista. Tem sete livros publicados e participou de oito antologias. Tem obras traduzidas e publicadas na Itália, Suécia, México e Estados Unidos.
Nasceu em Fortaleza, cidade situada ao nordeste do Brasil, logo abaixo da linha do Equador, por isso cheia de sol, mar, entusiasmo e sem pecados. De lá retirou elementos sobre a vida provinciana e conformada das mulheres criadas para rezar, casar e morrer. Com tais elementos tem trabalhado até hoje. Morou no Rio de Janeiro - onde descobriu a possibilidade de sobreviver numa cidade maior - em New York e Washington, DC. Mudou-se para São Paulo onde vive em estado de permanente criação.
Joyce é membro do conselho diretor da RELAT-Red de Escritoras Latinoamericanas. É também a presidente da REBRA - Rede de Escritoras Brasileiras.


O CÃO CHUPANDO MANGA
Sob o provocativo título de "O Cão Chupando Manga", surge o mais recente romance de Joyce Cavalccante. O Cão Chupando Manga é uma expressão muito usada no nordeste para definir qualquer coisa superlativa. Zezito, personagem maior dessa história, é feio ao ponto de ofender mas incrivelmente capaz de se dar bem. Um espantalho, um espanto. Daí a autora ter se apoderado dessa frase característica do colorido e imagético linguajar do povo lá de cima do mapa, para oferecer à literatura brasileira este delicioso e divertidíssimo romance que tem como cenário a cidade de São Paulo entre os anos 1971 e 1985, movimentada pela ambição dos políticos, pela ganância dos empresários, pelo amor livre dos jovens e por um audacioso garçom cearense.
Narrada em linguagem fluente e agradável, a exemplo das melhores obras clássicas, essa ficção faz seus personagens atravessarem quase quinze anos de real história brasileira, que aqui é usada como pano de fundo para as fortes emoções tecidas nos corações das personagens. O final é surpreendente, comprovando título tão bem escolhido.
Joyce sempre foi conhecida como autora de obras, no mínimo, polêmicas que envolvem temas transgressores como a sexualidade feminina, a luta da mulher para se afirmar num mercado de trabalho adverso, os problemas enfrentados por elas quando tentam sobreviver num mundo concebido apenas no masculino. Aqui, além de confirmar essa tendência, a autora confirma também seu estilo literário maduro e estimulante que vem encantando os leitores, não só do Brasil, mas também do exterior. Leia as primeiras páginas
ENCOMENDAR


INIMIGAS ÍNTIMAS
Romance que recebeu o prêmio APCA - Associação Paulista de Críticos de Arte - de melhor ficção de 1993. Desde 1998 iniciou uma bem sucedida carreira internacional com traduções na Suécia e nos Estados Unidos. Nele a autora experimenta um novo cenário. Aproveitando-se de informações armazenadas desde sua infância, pela primeira vez escreve sobre o nordeste. Um nordeste sensual e moderno, mas carregando ainda os mesmos problemas do começo do século, e ainda outros como a corrupção praticada através dos incentivos fiscais e órgãos de combate à seca. A trama aborda a violência cometidas pelos mais fortes contra os mais fracos dentro da história da vida de um homem que vive com quatro mulheres debaixo do mesmo teto. Com uma linguagem deliciosa e irreverente, essa obra vem também carregada de bom humor, pois, na verdade, da mistura de todas essas características aquela região é feita. Trata-se, com certeza, de um trabalho envolvente que propõe multileituras. Leia as primeiras páginas
ENCOMENDAR


RETALHOS MÍSTICOS
Um primoroso álbum de serigrafias e poemas em prosa feito em parceria com o artista plástico italiano Élvio Becheroni é o quinto trabalho da autora. Livro bilíngüe, inglês- português, dirigido a colecionadores, com tiragem exclusiva de apenas 180 exemplares assinados pelo autor e com as matrizes originais destruídas. Leia o texto e veja as ilustrações.





O DISCURSO DA MULHER ABSURDA
É um livro de contos eróticos escrito em linguagem essencialmente feminina, definido dessa forma pela crítica: "É aí que entram a vida e a literatura de Joyce, duas coisas que ela faz questão de juntar, o que prova esse novo e belíssimo livro. - Obra abrangente, lúcida, assinada por mulher como palavra de coragem aos que, intimidados pelo mundo e pela vida, se perdem nos cantos e cedem. Esse novo livro define Joyce como uma das grandes escritoras deste país tão maltratado em termos de verdadeira criação literária". (In Revista Visão, São Paulo, 7/08/85, por Álvaro Alves de Faria, poeta crítico e jornalista). Leia um texto emocionante.



LIVRE & OBJETO
Publicado quando livros eram proibidos, apreendidos e queimados no Brasil, esse ousado trabalho erótico foi um dos primeiros a atravessar a malha fina da censura, chegando às mãos do público todo construído numa linguagem poética embora posto em prosa. O prefaciador, Claúdio Willer, poeta, tradutor e crítico, sobre ele escreveu: "O caminho escolhido por Joyce é o texto erótico inocentemente descritivo, e esta inocência tem a ver com a ausência de sentimentos de culpa e preconceitos, com a plena admissão do prazer e da corporeidade. Joyce trabalhou mais como o escultor em pedra, reduzindo seu trabalho material até chegar a essencialidade da forma, do que como pintor, representando e traduzindo a realidade exterior ao texto em amplo painel". "... "Que Joyce traz uma vigorosa contribuição com esse último trabalho é fora de dúvida". Texto completo online.



COSTELA DE EVA
O segundo livro é também um romance. De título controvertido e curiosa narrativa, conta sobre uma mulher que muito sofre por causa de sua extrema beleza. É um roteiro vivo, tema perfeito para ter os direitos comprados para o cinema. Sobre ele escreveu no prefácio Heloneida Studart, escritora e jornalista:"O novo livro de Joyce Cavalcante tem um título que é um achado, "Costela de Eva", e a partir desse título já se coloca como um romance que interpretando a situação particular de uma mulher, pode ser definido como uma denúncia à situação de inúmeras mulheres". "... É um livro de crítica mesmo não tendo essa intenção, e confirma uma forte ficcionista entre outras escritoras brasileiras, cada vez mais voltadas para a tarefa de fixar na literatura a até agora silenciada angústia das mulheres". Um dos capítulos aqui está à sua disposição.



DE DENTRO PARA FORA
Inicia sua carreira com esse romance que narra a rotina de um casal no qual o marido é paraplégico e a mulher conformada se deixa invadir por uma paixão platônica, até que acontece uma surpresa - você pode escolher entre os quatro finais aquele que melhor lhe convier. Obra surpreendentemente aplaudida pela crítica: "... Joyce é um dos poucos escritores da geração pós-vanguarda a não desperdiçar o momento único de sua estréia: ao contrário da maioria que sempre estreou com obras inexpressivas, ela entra em cena com um livro capaz de abrir para seu nome um lugar no quadro global da nova ficção brasileira." ( In Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 24/02/79, por Pedro Lyra, crítico, ensaísta, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestre em poética e doutor em letras ). Leia um pequeno trecho.


Atualmente Joyce debruça-se sobre a criação de seu oitavo livro, um romance que dará seqüência à tetralogia iniciada com o premiado "Inimigas Íntimas", seguido pelo aplaudido
"Cão Chupando Manga". Aguardem portanto o próximo romance da autora :
O HOMEM QUE TINHA UM PEIXE ENTRE AS PERNAS"

 REDE DE ESCRITORAS BRASILEIRAS
Publicado por clevane pessoa de araújo em 04/05/2006 às 23h21
Seja o primeiro a comentar este texto
Indique esta leitura para amigos
 
Copyright© 2005 by ClevanePessoa. Todos os direitos reservados.Criado e hospedado por Recanto das LetrasPágina atualizada em 05.05.06 13:26
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 05/05/2006
Reeditado em 08/05/2006
Código do texto: T150836

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autor e o link para o site "www.sitedoautor.net(Clevane pessoa de araújo lopes;(www.clevanepessoa.net/blog.php)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
555 textos (176747 leituras)
21 e-livros (13424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:39)
clevane pessoa de araújo lopes