Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mães!

O discípulo veio até o mestre e perguntou:

- Como faço para alcançar o paraíso vivendo neste mundo de incompreensão, ingratidão e egoísmo?

O mestre com extrema meiguice no olhar e doçura na voz lhe respondeu:

- Ame a todos como sua mãe lhe amou!

O discípulo baixou a cabeça e pôs-se a meditar em tão séria afirmativa.

O amor de mãe é incondicional, nada cobra, nada impõe.
Perdoa disparates e  ingratidão...
Colabora, auxilia, luta até o fim...
Constrói o paraíso do dever cumprido.
Enxuga lágrimas, restitui sorrisos, vibra com nossas vitórias, nos estimula nas dificuldades...
Amor de mãe, simples, puro, sereno, verdadeiro...

Mães que são pais, amigas, conselheiras, professoras...

Mães do mundo, da vida, mães de amor...

Como homenageá-las a rigor?
Pensei em flores, poemas, palavras, presentes...
Pensei em beijos, abraços, café da manhã na cama regado à  gostoso bate papo.

Todas essas homenagens são importantes, gratificantes, porém,  há uma especial que gostaria de destacar; certa vez escutei de uma das inúmeras mães que tive contato:

- A melhor homenagem que uma mãe pode receber de seu filho é saber que ele trilha o caminho do Bem e do amor, buscando sua felicidade e lutando pelos seus sonhos.

Nada mais sublime para uma mãe do que ver seu pupilo caminhando, se desenvolvendo, amando, aprendendo...

As mães querem simplesmente a felicidade de seu filho, a alegria de seu eterno pequeno.

Lembro da alegria de minha mãe a presenciar minhas pequenas conquistas que para ela eram grandes vitórias.


Certamente, ainda hoje, mesmo morando em outro recanto do universo, torce por mim.

As mães são assim – eternas torcedoras.

Amigo leitor, aproveite sua mãe, valorize-a, ame-a, dê-lhe atenção, muitos gostariam de fazer isso e já não podem.

Não podem mais beijá-las, abraçá-las, terão que esperar pelo reencontro.

Agradeça a oportunidade sagrada da reencarnação que tiveste por intermédio de sua mãe, este motivo por si só, já se constitui em inconfundível prova de amor.

E homenageie sua mãe com o que ela te ensinou de mais sagrado – Amar; amar apesar das limitações, amar apesar das dificuldades, amar apesar das incompreensões.

Se cultivarmos o amor de mãe superaremos todo e qualquer obstáculo!

A todas as mães, obrigado pelo imorredouro exemplo de amor e renuncia!





Wellington Balbo
Enviado por Wellington Balbo em 12/05/2006
Código do texto: T154894
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wellington Balbo
Bauru - São Paulo - Brasil, 41 anos
364 textos (104042 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:11)
Wellington Balbo