Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARACANà
O HÉRCULES DOS CARIOCAS



Maracanã! Maracanã! Maracanã!
Gigantesco quão as forças de Hércules,
Prodígio e baluarte das alegrias cariocas,
Verdadeiro monumento aberto aos céus.

Maior Estádio do mundo de futebol,
Maracanã! Maracanã! Maracanã!
É o Rio de Janeiro o ano inteiro,
Transbordante de tanto glamour,
Com charme, beleza é prazenteiro.

Arte erguida no coração do Rio,
Tudo é Maracanã de tantos atletas.

Ó Maracanã, flores caem do céu azul!
Transformando em pétalas róseas,
O grande sonho e sorriso de Mário Filho,
Maracanã da Cidade Maravilhosa.

Rei de todos os Estádios no mundo,
Majestoso e galante do futebol universal,
Celeiro de emoções futebolísticas,
É Maracanã! Maracanã! Maracanã!

Casa abençoada de sensações,
Do primeiríssimo gol marcado,
Pelo craque Príncipe Etíope – Didi,
Maracanã! Maracanã o rei dos reis!

Suporte generoso e muitas glórias,
Galardão acesso em São Sebastião,
Afável e amoroso com brilhos luzentes,
Marco sempiterno histórico do futebol,
Maracanã! Maracanã é todo brasileiro.

Monarquia real absoluta do universo,
Maracanã, berço da cultura brasileira,
Espelhada na fortaleza de teus olhos,
Cercada por montanhas por todos os lados,

Maraca de todos os cariocas,
Maracanã é o Rio de Janeiro,
Rio é Pan dois mil e sete.

Palco mundial da cultura,
Império eterno de alegrias,
Parabéns Maracanã! Parabéns!
Iluminando a arte dos esportes,
Nascendo sempre outra vez.


ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 18/06/2006
Reeditado em 27/09/2011
Código do texto: T177816
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2054824 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:47)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor