Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMENAGEM PÓSTUMA

                   AO AMIGO NILTON CÂNDIDO

Acordes  de violão
Ouço o som de sua voz
Sua partida foi tão repente
Que assustou a todos nós,
Mesmo que assim não fosse
Continuaria sendo triste demais,
Tudo que você nos dizia
Sorrisos  trazia
Sua alegria contagiante
Pelas graças que fazia
Deu-lhe vários amigos
E por ti rezamos,
Meu amigo...
Que falta nos fará!
Canções tão belas
Fizera das cordas de seu violão
Gorjeio de sabiá,
Rodinhas de pessoas
Para vê-lo cantar,
Conselho amigo
Impediu-me de errar,
Ficamos...
Na ressurreição, esperamos nos reencontrar
E estaremos sempre
Levando-te no pensar...
Dizemos adeus,
Com tristeza no olhar,
Descanse em Deus,
Amigo, sei que eternamente será.
Damaso
Enviado por Damaso em 06/07/2006
Reeditado em 25/09/2012
Código do texto: T188429
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Damaso
Rio Manso - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
326 textos (17039 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:11)
Damaso