Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sacerdotisa...


Para Deth Haak

Nadir A D'Onofrio


Nascente que brota poesia
Fonte que não secará jamais.
Os deuses não pemitiriam,
Tamanha injustiça!
Pois a poesia, retrata a natureza,
Obra prima do Grande Escultor,
E sua excelsa hierarquia.
Da qual Deth Haak, grande poetisa,
Honra o mais alto grau, sacerdotisa...
06/07/2006 14:33

Santos SP
Respeite Direitos Autorais



Enviado por Deth Haak em 06/07/2006 16:00
para o texto "SACERDOTISA"

Que Orfeu seja Louvado
no cetro do grau que recebo da tão nobre Dama da poesia!
Permita –me Senhor dos Encantos Sublimares,
fazer jus a tamanha honorária...
Que possa essa humilde aspirante de poetisa,
encantar no orbe onde estrelas luzem,
as mais belas poesias.
Que o vento que chega a mim neste momento
em que a ternura me invade,
Sopre cada um de vocês,
que alimentam minha inspiração.
Que sejamos nós o cajado e voz do estro
semeando amor por toda eternidade...
Beijos poéticos banhados nas lágrimas da emoção sentida.
“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 06/07/2006
Código do texto: T188971
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65345 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:11)
Deth Haak