Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU IRMÃO PAULINHO!!! = TÂNIA AILENE

PAULINHO !!!
MEU IRMÃO

PAULO ROBERTO!!!
 
Hoje meu coração sangra,
não tenho palavras,
tenho sim um aperto no peito
e um grito calado na garganta,
Me lembro dos momentos da nossa infância
onde você sempre com muito carinho
me guardava como uma flor
que nada poderia atingir.
Nossa diferença de idade
te fazia meu protetor irmão amado.
Quase 10 anos, ainda sinto seus braços
a  me carregar no colo,
porque era tua menina linda
que sempre precisava da sua proteção.
Me recordo das suas angústias
em querer falar e não conseguir,
isso só aconteceu quando você já estava com onze anos.
"Quanta espera para poder ouvir tua voz".
Mas eu entendia tudo meu querido,
pelos seus gestos de carinho e sua proteção.
Nossa adolescência sempre juntos,
acompanhei sua vida,
assim como sempre soube que podia contar
com você ao meu lado.
Vi seu namoro começar, que com muitas brincadeiras
te perguntava?
Esse casamento não saí nunca?
Aí me casei primeiro,
cansei de esperar os seus doze anos de namoro.
Te fiz um tio alegre sempre,
com seu sax a tocar
para animar a todos.
Você parecia ligado a uma tomada
ativo em qualquer situação,
a vida nos distanciou um pouco,
mas o meu amor e respeito pelo menino
que me carregava no colo nunca acabou.
Tivemos filhos, fomos amigos
e a dois anos você levou um tombo
bateu com a cabeça na mesa.
E eu comentei:
Agora vê se sossega
já não tem idade para virar abóbora.
"Meu Deus"
Eu daria tudo para te ver entrar pela porta
e tocar seu instrumento, dizendo:
Tatá anda logo, acorda preguiça?
Lembra a música que você gosta?
Canta que eu te acompanho, toco ela para você...
Em janeiro do ano passado você passou mal
foi internado, eu me desesperei.
Pedia  Deus e a cada hora que te via
naquele hospital, pedia sempre:
Deus não faça isso com ele!
Tire ele desta cama?
Traga meu irmão de volta?
Parece que ele precisava mais de você que eu.
 O diagnóstico da médica foi frio e cruel
comigo e com sua filha, nos dizendo:
é um câncer não pode ser operado
e só tem de um à seis meses.
Você lutou, sua família também,
tenho muito orgulho em ser amiga da sua mulher.
Ela me deu uma lição de vida.
Não desistir nunca!
Mesmo que todos te digam o contrário.
Quantas vezes te dei comida na boca
e deitei com você naquela cama de hospital,
rezando e pedindo que não queria te ver sofrer,
mas também não queria te perder meu lindo.
Jurava para mim mesma que milagres existem
 e que ele iria acontecer com você.
Paulinho me lembro da tua formatura,
do seu casamento, do nascimento dos seus filhos,
dos aniversários das crianças
e até de você aqui na minha casa fazendo planos.
Lembro também do dia que eu queria um tronco de árvore
para colocar minhas bromélias
e você foi pegar comigo.
Era pesado e nos não agüentávamos
tivemos que pedir ajuda a quem passava.
E agora, hoje às treze horas você se foi,
sem nem ao menos voltar a falar Tatá cheguei...
Sou covarde, não tenho coragem de ir me despedir de você,
choro, sofro, estou arrebentada
de tanta dor, mas não consigo, tentei...
Quando lembro da última vez que te abracei
e vi lágrimas nos seus olhos,
você já não falava,todo entubado, fiquei muito mal
ali resolvi que não queria mais te ver assim.
Hoje estou sofrendo, chorando, parece que um pedaço
muito grande de mim foi arrancado.
Não sei o que fazer, nem o que pensar,
só quero que saiba:
Te amo pra sempre
será meu irmão querido, carinhoso, amigo,
companheiro de todas as horas.
Onde quer que você esteja nesse momento
saiba que te amo e nunca vou te esquecer.
Sei que a saudade dói só pensar que não vou te ver mais
me arrebento para ser forte e aceitar,
mas a revolta esta maior.
No momento só tenho uma certeza
ir ver você ser enterrado, isso nunca...
Para mim você não morreu
foi fazer uma viagem e um dia a gente se encontra.
Te amo para sempre
siga em paz meu irmão
Beijos e um abraço de quem nunca vai esquecer
o quanto amigo, irmão, companheiro você foi
e a falta que já faz.
Te amo para todo o sempre
sua irmã(Tânia Ailene)
Para:Paulinho
 

PAULO ROBERTO
PAULINHO!!!

22/7/1950
19/01/2006
 
 Este é o seu primeiro aniversario que não vou te dizer parabéns.
 



 
 

 

 
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 19/07/2006
Código do texto: T197435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30279 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:19)
Tânia Ailene Nua Poesia