Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


É num triscar de segundos fazer sorrir uma lágrima,
amigo é um ser mago, ao flanar na emoção do irmão.
alquimizando angustias que palpitam no coração.
Penetra em desertos aridos, doa ombros sem distinção,
divide fardo do outro estendendo-lhe as mãos sem objeção! Se neste caminho trilhado,tu acahas que ti esqueci, tal qual o verso molhado, borrado de tinta e carmim, amigo não diz assim! Pois se não estais ao meu lado, amigo também sou de ti! Pois dou-te em distancias preces agradeço seu existir, não é como tosco verso ,que rogo não repetir. Amizade é mais que tudo que possa eu redigir, lembrem-se meus amigos quantidade não é possuir. Contam  meus dedos os amigos, os versos não posso referir ,imprimo palavras que o vento não pode arguir. Essa força incomenssurável ,ao discertar amizade! Essa energia que plasmo , advém da Deidade ...
Construo paredes com letras, a morada edificada na bondade. Pra você meu amigo, coabitar no endereço da amizade!!! ........... "Feliz dia do Amigo "

“ A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
11/7/2006
 


Obs: Leia " Ode a Cartola"
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 19/07/2006
Reeditado em 19/07/2006
Código do texto: T197572
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65375 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:50)
Deth Haak