Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE – 27 ANOS


* Nadir Silveira Dias


No dia 20 de julho se comemora o Dia Internacional do Amigo ou o Dia Internacional da Amizade.

Vejam os seus antecedentes:

“O Dia Internacional da Amizade é fruto da iniciativa aguerrida do argentino Enrique Ernesto Febbraro, dentista, professor e músico, que levou décadas para alcançar o seu objetivo.

Logo depois de terminada a II Guerra Mundial, em 1945, Febbraro tentou estabelecer a fundação da ONU como marco para o Dia da Amizade.

A violência característica da guerra acabou por impedir a associação do fato com a iniciativa. Somente 24 anos depois aconteceria um novo fato que fosse capaz de simbolizar a amizade universal: a chegada do homem à Lua, em 20.07.1969.

A célebre frase do astronauta norte-americano Neil Armstrong um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade foi interpretada, assim, como a busca por um mundo sem fronteiras, onde a união dos povos - independente de raças, ideologias ou religiões - seria fundamental para a conquista dos nossos objetivos.

Com muita insistência, Febbraro conseguiu que primeiro a Argentina (em 1979) e depois a ONU (em 1985) reconhecessem a data em seus respectivos calendários. A conquista do professor argentino lhe rendeu indicações ao Prêmio Nobel da Paz.

No Brasil, a data ainda não se tornou um marco comemorativo (e nem comercial), mas começa a ser celebrada timidamente, inclusive com presentes de amigo a amigo.

No mundo, porém, mais 100 países já abraçaram a idéia e seus povos comemoram o Dia Internacional da Amizade na mesma data - 20 de julho.

Cora Coralina, poetisa goiana, brindou a Amizade com o poema abaixo, que o Serpro dedica a todos os seus amigos:

"Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido se não focamos o coração das pessoas
E isso não é coisa de outro mundo.
É o sentido da vida!
É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais
Mas que seja intensa, verdadeira, para enquanto durar.
Muitas Vezes basta ser
Colo que acolhe, braço que envolve,
Palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia,
Lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove."

Superintendência de Relacionamento com o Mercado e Marketing, 20 de julho de 2005”

Texto extraído do saite: http://www.serpro.gov.br/noticiasSERPRO/20050720_07

Recebam, pois, prezados amigos, companheiro(a)s de letras, de música e canto, o abraço fraterno deste signatário irmão aqui da Terra do Coração!


* Escritor e Poeta – nadirsdias@yahoo.com.br
Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 20/07/2006
Código do texto: T197768
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1036 textos (153789 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:38)
Nadir Silveira Dias