Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao..bobo da corte...



    Sim........luz e paz....ainda estou vivendo..


    Contudo vivendo...na luta da Arena Cruel...
    dos bárbaros...infantis...sem Deus...
    aqueles covardes...que nos partem...e se iludem..
    se iludem...que conseguiram...com seu dinheiro
    imundo...sem paz....sou aquele que guerreiro..
    que mesmo ferido para morte...não sucumbiu...
    e tu és aquele guerreiro que  ainda escreve..
    sobre as insanidades desse mundo  redondinho..
    e embolado de dor....cheinho de zumbis mal feitores com cara de bonecas bárbies...imperfeitos fantoches de Midiurno............homenageio-te bobo...de uma corte de verdades...e de um escritor vituperado e sem medo como tu....parabéns...continuamos ViVos
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 02/08/2006
Código do texto: T207548
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3303 textos (112351 leituras)
195 áudios (9271 audições)
3 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:06)
Valéria Guerra