Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORREU RIGONI - O HOMEM DO VIOLINO

Ontem à tarde morreu Luiz Rigoni. Morreu aos 80 anos de pneumonia, seguramente agravada pelos inúmeros charutos que fumava durante o dia –  ele cheirava a fumaça  - e que ele não abandonava nem o que o Papa implorasse.

Era meu vizinho aqui em Cotia, SP –  morávamos no mesmo condomínio – e jogamos fora, muita conversa fiada em alguns  sábados e domingos. Riamos das piadas dos amigos, das nossas, e de nós mesmos na frente da banca de jornal do Márcio. E ele ria alto e gostoso, sempre com um ar debochado – era um gozador incorrigível.

Umas duas vezes levei-o comigo ao meu sítio em Juquitiba e mostrei a minha éguinha pé-duro chamada Kita –  uma das minhas paixões animais, querendo impressioná-lo.

- Ô garoto ! Isso é um pangaré ! – falava sorrindo, com conhecimento de quem montou em  vários “puros-sangues” ingleses.

Paranaense, fez a vida e ficou famoso no Rio de janeiro onde morou muitos anos. Boêmio inveterado, morreu sozinho –solteirão convicto – e boa praça.

Meu amigo Rigoni, moramos lado-a-lado e somente fui saber da sua morte lendo hoje  na página de esportes do Estadão, onde você foi colunista, fazendo análises do turfe nacional. Esta vida corrida de São Paulo nos desumaniza.

Nestes tempos de Ronadinho’s  e de Nike tenho certeza de poucos sabem quem foi Rigoni.
Luiz Rigoni foi um dos maiores, senão o maior jóquei que o Brasil já teve. Ganhou vários "Grande Prêmio Brasil" no Rio de Janeiro, montando o cavalo argentino  El Aragonés.

Não tocava qualquer instrumento de corda em nenhuma orquestra , mas era conhecido internacionalmente como  “ O Homem do Violino” pela maneira sutil com que comandava o cavalo.

“Frouxa a rédea,
o cavalo largou
no último páreo
derradeiro galope
levou Rigone.
Cavalga, amigo
jóquei do eterno
Adeus ! “

É o que posso fazer agora para te homenagear, caro amigo.



Dionisio Teles
Enviado por Dionisio Teles em 04/08/2006
Reeditado em 04/08/2006
Código do texto: T209141

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dionisio Teles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dionisio Teles
Barueri - São Paulo - Brasil, 64 anos
177 textos (43597 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:16)
Dionisio Teles