Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agatha


AGATHA


Edilene Barroso
05/06/1997.





Ah, Agatha!
Uma vez me pediste para escrever-te uma poesia, pois teus irmãos já tinham, e você não.
Fiquei triste pela tua tristeza, e dei-te razão, mas o que posso escrever sobre você?
Quando tua irmã te pediu a Deus, apesar da hora imprópria da tua chegada, percebi que um milagre viria contigo.
Uma gravidez de alto risco, em que ambas corríamos risco de vida, e a cada noite eu agradecia a Deus mais um dia de vida para nós duas.
Teu parto suave, calmo, só nós duas e uma delicada japonesinha que prenunciou que você teria uma linda estrela, pois nasceu na hora da Ave Maria, e “olhando pra Lua”.
Uma coisinha pequenina, magrinha, calminha, que mamava como um bezerrinho, e logo ficou tão roliça que era difícil de segurar, e quando, à cata de um brinquedo distante, rolava, ao invés de cair.
Sempre saudável, sorridente e calma.
Aprendeu a andar sozinha! Baixinha, caminhava por baixo da mesa da cozinha.
E cresceu, até ser o que é hoje.
Uma linda moça, cujo orgulho maior é ser parecida comigo.
Não se orgulhe disso, orgulhe-se de ser você!
Seu nome significa bondade, e é isso exatamente que você é!
Preocupa-se com seu semelhante, seja ele quem for, exatamente como Cristo ensinou, e como a Humanidade está aqui para aprender.
Deus deve ter preparado em teu caminho uma missão muito especial, e eu conto que você, por ser quem é, realizará.
Te respeito, filha, você é um raio de luz, alguém especial, e espero ter te ajudado, e ainda poder te ajudar, em tudo o que puder.
Siga teu caminho, seja feliz, e aprenda a se amar como ama ao próximo.
Não deixe as trevas apagarem sua luz.
Meu coração para você.


Sua mamãe:




Edilene.
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 10/08/2006
Código do texto: T213059

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21461 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:28)
Edilene Barroso