Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

== Dia dos Pais ==

                       Herói Esquecido

Como é o meu pai?
Pergunta difícil de responder
As lembranças que tenho são vagas...

Ele esta vivo, mas nem parece...
Como é o abraço de meu pai?
Como é a voz dele?

Não sei, não sei... não sei!!!
Pensamentos viis teimam em me mostrar
esse vazio, esse medo...

Ele nem sabe o que eu queria ser...
Sonhava ser como ele,
ele era meu super-herói...

Hoje, pensei e percebi, sou como ele,
idêntico a ele, e me assustei...
...Me tornei a ausêcia que ele é pra mim...

Quem é meu pai? Já nem sei...
Quem sou? Também não sei...
...Esse medo, esse vazio...



======================================================

EM QUALQUER LUGAR QUE ESTEJA O MEU PAI, SEI QUE ELE NEM VAI LER ISSO, ELE NEM SABE QUE RABISCO MINHAS TRISTEZAS, MAS ESTES TRISTES VERSOS SÃO PARA QUE ALGUM PAI AO LER POSSA DEIXAR DE SER AUSENTE(CASO ELE SEJA)...

...ELE ERA O MEU SUPER-HERÓI, MAS ELE NEM SE IMPORTA COMIGO...
Poeta Devaneador
Enviado por Poeta Devaneador em 11/08/2006
Código do texto: T214387

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (cite Itamar Eduardo Gonçalves de Oliveira e eduardogoncalves@hotmail.fr) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Devaneador
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 29 anos
82 textos (3896 leituras)
1 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:03)
Poeta Devaneador