Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um menino, com voz tímida e os olhos cheios de admiração, pergunta ao pai que chegava do trabalho:
- Pai, quanto o senhor ganha por hora?
O pai, num gesto severo, responde:
- Meu filho, isso nem a sua mãe sabe. Por isso, não me amole, estou cansado!!!
Mas o filho insiste:
- Mas papai, por favor, diga, quanto o senhor ganha por hora?
Para se "livrar" da amolação do menino, o pai respondeu:
- Três reais por hora.
- Então, papai, o senhor poderia me emprestar um real?
O pai já irritado e ríspido, respondeu:
- Ah, essa era a razão de querer saber quanto eu ganho? Vai dormir e não me enche mais o saco.
Mais tarde o pai, intrigado, começou a pensar no pedido do filho. Talvez, quem sabe, o filho precisasse comprar algo. Querendo aliviar sua consciência, foi até o quarto do menino e, em voz baixa, perguntou:
- Filho, esta dormindo ?
- Não, pai! - respondeu o garoto meio sonolento.
- Olha, aqui esta o dinheiro que me pediu: Um real.
- Muito obrigado, papai! - disse o filho, dando um salto da cama e retirando mais dois reais de uma caixinha.
- Agora já completei, papai! Tenho três reais. Poderia me vender uma hora de seu tempo?
Pense nisso nesse dia dos pais!
Hedi Diniz
Enviado por Hedi Diniz em 12/08/2006
Código do texto: T215033
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hedi Diniz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
1078 textos (99186 leituras)
1 áudios (264 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:05)
Hedi Diniz