Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUCKY!!!UM AMOR SEM FIM... = TÂNIA AILENE

LUCKY!!!

UM AMOR SEM FIM...

TÂNIA AILENE



Sinto que estou te perdendo

é uma luta desigual, o meu querer e o seu.

Não consigo ver a possibilidade de acordar

e não ter você por perto.

Nunca quis pensar nisso, não aceito,

você não imagina o quanto estou sofrendo.

Rezo, te faço carinhos peço a todos os santos

aos anjos protetores:

Que deixe você mais um tempo comigo!

Não levem meu branquinho agora!

Só não quero ver você sofrer, este é o único jeito

para eu abrir mão de você.

Deus faça que ele reaja e volte para mim.

Deixe que eu o abrace por mais um tempo.

Julho de 2005, e Deus te deixou mais um ano comigo.

Tentei tudo, do carinho até o me afastar um pouco,

mas nada diminuiu o meu amor por você.

- O primeiro dia seu aqui em casa.

Chegou um branquinho lindo com 15 dias.

Logo escolhi seu nome LUCKY!

Depois vim a saber que queria dizer o afortunado,

sua primeira arte comer meu mixto quente

fiquei apavorada com medo de você passar mal.

Que nada, daí por diante todo dia tinha uma surpresa:

Era o bolo de cenoura que meu caçador,

quando sentia o cheiro não saía da frente do forno.

O cinqüenta reais que você picou todo

porque caiu do bolso enquanto seu pai dormia.

O jardim que você adorava jogar bola

a chuva que você não gostava e eu sempre dizia

meu bebe não suje seu pé de coelho meu branquinho.

Andar com você na praia e de repente tu entrar na água,

Latindo, convidando -nos para entrar na água com você meu patinho lindo, adorando nadar,

Entrando embaixo do meu edredom para dormir

do meu lado, e roubando meu travesseiro depois.

Quantas histórias e momentos bons

agora meu branquinho só tenho desespero e saudades

nem sei o que fazer, tudo vazio, uma dor imensa

falta tudo, não vejo a vida sem seu olhar de pidão

suas lambidas cada vez que chegava perto de mim

tua respiração ao lado da minha cama ainda escuto.

Meu pé de coelho eu vou estar sempre com você

onde quer que estejas vou continuar te amando

um dia sei que vou te encontrar...

Até lá me ajude a entender e aceitar ficar sem você.

Sei que para você fui a mãe que nunca falou alto

nunca te chamei atenção,e sempre tive o seu melhor.

Só me ajude a agüentar a dor de não tê-lo mais ao meu lado

Pois dentro do meu coração você estará sempre

Dando-me a patinha e fazendo aquele dengo grande

meu neném lindo e amado.

Para sempre meu coração é teu com muito amor

da sua mãe que sempre em cada olhar triste vai sempre procurá-lo meu branquinho.

Você partiu meu orelhudo e deixou tudo de bom que um amigo pode dar, amor, carinho, uma saudade que a cada dia que passa parece que toma a dimensão do mundo.

Amo-te meu amigo para sempre e por todo resto de vida que tenho eu sei que vou te amar.

Um beijo neste nariz gelado meu branquinho.

Você faria 14 anos dia 29/09/ neste dia não terá mais festinha nem seu bolo, só uma prece a São Francisco.

Bendito seja o dia que você

me escolheu como sua mãe e amiga.

Abençoado seja sempre.

Saudades , saudades, saudades....




31/07/2007

TÂNIA AILENE

RIO DE JANEIRO



http://www.euvoceamusicaeotempo.mus.br/midis-nacionais/Elis_Regina(Fascinacao).mid


Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 15/08/2006
Reeditado em 30/08/2011
Código do texto: T216748

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:14)
Tânia Ailene Nua Poesia