Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carolzita

Obrigado eu por existirem Mulheres como tu...

Os teus lábios são mel. São doces e ternos, amantes serenos num mundo vadio. São porto de abrigo, refúgio escondido, em horas de prazer.
Os teus lábios são paixão desenfreada, tempestades amainadas, quando me sinto enfraquecer.
Os teus lábios são meiguice, suaves doçuras de sexo sem o ser. São rios e montes, são vales e fontes, que me fazem enlouquecer.
Os teus lábios são vida, transgressão proibida, amantes às escondidas, que me fazem viver.
Os teus lábios são meus, nos segundos que estás comigo, nesse tempo perdido…
Quero-os…


beijo
deli...


Esta mensagem foi enviada por Delicatessen Alexandre
Carolzita
Enviado por Carolzita em 25/08/2006
Código do texto: T224752

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Caroline Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolzita
Portugal, 42 anos
453 textos (61652 leituras)
5 e-livros (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:56)
Carolzita