Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exuberância - homenagem à Primavera

Passeava despetalando ao vento meus cabelos,
quando afundei num jardim de acácias brancas,
depois amarelas,doce toque dourado em anelos,
que minh’alma inflaram de encontros e buscas!
 
Meu vestido opaco tingiu-se de cores vibrantes
que defloraram audacioso decote que insinuava
uma essência de luzes brotando sobre as vestes,
queria desnudar,toda em flor me transformava!
 
E chegavam às pencas hortências, cravos,rosas,
eram cachos meus cabelos de tão sutil perfumar
que margaridas reluziam e acenavam formosas
quando minha alma se pôs a cantar e inflamar!
 
Emudeceram os meus lábios os lírios elegantes
vestidos da pompa que paz esparge, oh pureza!
impregnando,minhas vestes jamais como antes!
 
Não só a primavera de cores entrou exuberantes,
tão pouco sulcou caminhos apenas no meu decote,
minha alma d'imenso vergel d’amores se reveste!

Santos-SP-03/09/2006
 
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 03/09/2006
Código do texto: T232046
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:18)
Inês Marucci