Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos Poetas do Recanto


                     (Minha Sincera Homenagem!...)

Há um mistério sem par, sonho disperso,
Pedaço transparente  de vossa alma,
Pois que um poema em si é controverso;
Um dia exalta o amor, noutro, se cala!

E traz, poeta, a força do universo
No calor da palavra que te acalma...
Na beleza sublime de teus versos
Até os “deuses”, sorrindo,  batem palmas!

Na harmonia, no acorde da palavra
A minha alma ao teu dom se faz escrava
Toda vez que visito o teu recanto...

És supremo, senhor dos pensamentos,
Controlando razões e sentimentos;
O dono do meu riso e do meu pranto!
Ciro Di Verbena
Enviado por Ciro Di Verbena em 19/09/2006
Reeditado em 19/09/2006
Código do texto: T244448
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Di Verbena
Votorantim - São Paulo - Brasil
223 textos (8976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:45)
Ciro Di Verbena