Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

V - MULHER, RAINHA ENTRE NAÇÕES.


Manoel Lúcio de Medeiros.


-I-
Mulher és a eterna companheira que homem carece,
Feita da sua carne, dos seus ossos, do seu sangue,
Para ser idônea, capaz, auxiliadora!
És à parte, que completa este ser antropológico,
És aquela que nos momentos mais difíceis da vida,
Levanta-lhe o ânimo, restaurando-o, estruturando-o!
Uma mulher levanta cem homens, mas cem homens,
Não levanta uma mulher! Levanta uma nação!
Na terra, és mulher, a rainha entre as nações,
A qual reina sobre os tronos, quer nos impérios da vida,
Quer na saga dos corações! Reinas e dominas!
Mulher, homem nenhum jamais poderá usurpar,
as prerrogativas que o criador te outorgou,
serás mulher para sempre, a reinar em nossos corações!
Tu nos encantas como o cerúleo das nuvens,
e nos pasma, como a aurora que desponta no horizonte!

-II-
Mulher, tens, portanto, esta dádiva de Deus,
Uma autoridade materna, feminina, sociológica!
O homem que não quiser reconhecer teus dotes,
Não passará de um mero ditador a querer furtar-te,
esta visão administrativa, que a natureza te concedeu!
Todo o muito, ainda seria pouco para te dizer,
pois existe no teu corpo uma filosofia,
que nem mesmo a dialética perscruta!
Existe em teu falar uma pedagogia,
que ensina, que educa, que transforma!
Existe nas tuas mãos uma medicina,
que anestesia, opera, cura e cicatriza!
Existe no teu corpo um sincretismo,
onde milhares admiram tua imagem!
Existe na tua alma, uma maternidade,
que somente um filho, conhece e diz: Mamãe!



Direitos autorais reservados!



Malume
Enviado por Malume em 01/10/2006
Reeditado em 01/10/2006
Código do texto: T253726
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:20)
Malume