Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha avó... Minha mestra


Tive uma grande mestra
A mestra da minha majestosa mestra.

Pude crescer desfrutando do dengo,
alento e proteção da minha avó,
que dedicou sua vida a criação...

Um tempo vivido e revestido com sabedoria
por uma mulher de temperamento austero
e gestos suaves.

Que embalou a cria, acarinhou e castigou
no vai e vem do certo e errado na
montanha russa da evolução dos tempos.

Aprendi tudo que ela aos seus filhos ensinou,
com a vantagem dos acertos da experiência.
Uma pitadinha a mais de compreensão aqui,
uma dosagem extra de serenidade ali,
uma duplicidade de doçura aculá.

Há minha vozinha querida!
Você parecia tudo pré-ver e compreender.
E aos netos um tempinho extra para
ler uma oração, uma historinha, uma canção...

E entre as agulha do tricô e crochê estava
sempre preparada para desaninhar
os nós que éramos nós.

Que sorte tivemos... Filhos, netos e bisnetos...
Que pudemos crescer sob sua proteção
Você se foi vozinha deixando os ensinamentos,
lembranças e saudade.

É... Agora ela está lá em cima!
De certo com um galhinho de goiabeira na mão.
Mas pronta para ajudar a qualquer um
que venha entregar-lhe o coração.

Iza Mota
Recife - PE

Iza Mota
Enviado por Iza Mota em 03/10/2006
Reeditado em 01/03/2007
Cˇdigo do texto: T255393
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iza Mota
Recife - Pernambuco - Brasil
785 textos (81968 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 09/12/16 17:40)
Iza Mota