Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

- II - POEMAS À CACIANA

Manoel Lúcio de Medeiros.

UM MÉTODO TRADICIONAL!

I

As aulas sobre as pulsões, e o fracasso escolar,
São coisas que logo em breve, nós iremos examinar,
Procurando as crianças, de seus problemas salvar,
Caciana tudo isto, fizeste nos preparar!
II
Não existe nem palavra, que se possa agradecer,
O grande conhecimento, que veio aqui por você!
Mesmo tendo um ensino, metódico-tradicional,
Ministrando todo o tempo, oh que aula tropical!
III
Mas tudo foi tão ligeiro, como um vento que se passa,
Caciana suas aulas, foram dadas sim, com raça!
Professora preparada, que fala sem consultar,
Mente assim que é tão fecunda, é difícil encontrar!
IV
Caciana minha jovem, de espírito ousado,
Siga em frente nos estudos, o saber é como um nardo,
Traz odor que enaltece, é poder que enriquece!
Que Jesus te abençoe! Caciana é nossa prece!
V
Caciana vou falar um pouco só de você,
Algumas coisas ficaram, juro não vou esquecer,
Este teu vocabulário, com o termo exacerbado,
Esta sala assinalou, na mente está gravado!


Direitos autorais reservados.


Malume
Enviado por Malume em 05/10/2006
Código do texto: T257340
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:43)
Malume