Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A minha mãe querida!

Quando imagino alguém que passou por tantas situações adversas na vida e conseguiu superar todas sem jamais desanimar, enfrentando-as com muita fé,coragem e determinação,vendo a luz no fim do túnel é nela que costumo pensar.É uma mulher bonita por dentro e por fora.Generosa,muito bondosa, a pessoa mais decidida que conheço desde que nascí.

Algumas cenas das três vezes que esteve conosco aqui em casa.Aguardando pela próxima em breve...
Quando eu preciso de alguém com quem conversar e que sei poder realmente confiar é por ela que busco.É aquela amiga sincera e muito espontânea,não sabe disfarçar nem tão pouco mandar recados, fala o que pensa mesmo que nem sempre seja o que se deseja ouvir naquele momento.Uma pessoa autêntica,e por isso muitas vezes capaz de gerar controvérsias.É o exemplo de ser humano no qual procuro me espelhar.Volta e meia está sendo citada nos registros desse blog.


A minha mãe querida!
Usa seus talentos,pondo dedicação e amor em tudo o que faz,não consegue ficar parada e quando é mesmo necessária uma pausa nas suas atividades diárias lá se vai ela para a sua redinha com um bom livro na mão porque a mente não consegue ficar parada. Seu sorriso é contagiante,dá boas gargalhadas enchendo de graça o ambiente ao redor.Sabe bem aproveitar o presente com atitudes que surpreendem as expectativas daqueles que a conhecem. Nem a cirurgia de catarata nos dois olhos a impediu de vir pela 3ª vez em 2010 nos visitar e de um curso de computação começar para assim melhorarmos a nossa comunicação por meio virtual também. Por não falar na graduação concluída no mesmo período em grande estilo,e sobre isso já fizemos post em homenagem precedentemente.

A minha mãe querida!



Ensinou-me como amar.Ensinou-me como enfrentar os desafios do dia a dia com paciência,confiança e esperança no amanhã porque ‘ minha filha tudo na vida tem solução!’
“Todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus” Romanos 8:28.
Ensinou-me como orar e que é preciso aceitar os desígnios do Pai Celeste para cada um de nós.Rimos juntas,choramos e festejamos em inúmeras ocasiões.Sempre colocou os demais em primeiro lugar na própria vida dizendo que tudo tem seu tempo e de fato com seu exemplo de vida percebo que é mesmo assim.

A minha mãe querida!
Sabe bem o que è fazer economia doméstica e ser feliz acontentando-se mesmo com pouco,às vezes muito pouco.Sempre tivemos refeições nutritivas,na nossa mesa nunca faltou o pão de cada dia porque com o seu toque mágico ela conseguia criar delícias apetitosas com simples ingredientes,por exemplo,a sua canjinha de galinha que quando vem aqui sempre peço pra caprichar porque foi a marca de um período de crise braba na nossa família,mas também um dos melhores sabores que trago comigo nas minhas recordações daquele tempo de menina. O sorriso dessa mulher e sua fortaleza interior para mim são uma prova de que a vida não deve ser apenas vivída,mas proveitosamente sentída.As rugas no rosto como ela mesma faz questão de dizer são parte da sua história nesses 71 anos de existência daqui a pouco alcançados(14 de Abril).

A minha mãe querida!
Foi dela que herdei o interesse pelo ensino e educação.Arrumava as cadeiras da cozinha como se fosse uma sala de aula,com um quadro negro pendurado na parede,ela e as bonecas sentadas como verdadeiras alunas e eu(na idade do Francesco) passando as tarefas como uma verdadeira professora. Piqueniques no quintal (nossos guisados),além dos aniversários e desfiles das bonecas com direito a convites pras amiguinhas e tudo mais. Mesmo morando em cidade de mar não era nosso costume ir tanto à praia,assim em muitos fins de semana colocávamos as espreguiçadeiras ao aberto,tomando suco de cenoura e água de côco fresquinha retirada do nosso coqueiro fantasiando ser este o nosso clubinho  privado.Quando precisávamos sorrir bastava cantarolar e dançar a nossa música preferida e os problemas e preocupações pareciam distantes.Brincar nunca foi um drama para nós,aliás,foi brincando que bem canalizamos e dissipamos muitos dos nossos problemas. Ela sempre nos proporcionava momentos lúdicos.Nas férias escolares era descontado que íamos ao menos uma ou duas vezes também à praia,ao cinema(ver os trapalhões) e ainda uma semana no interior,mas sem esquecer das idas ao dentista,oculista e pediatra porque o controle da saúde deve ser regular principalmente na infância.Festinhas de aniversário( meus 15 anos inesquecíveis) de surpresa ou não,até quando já éramos adultos(guardo um  vídeo confidencial onde alguns dos meus amigos da época e que continuam sendo hoje contavam algum fato pitoresco acontecído conosco).Ela sempre soube exatamente o que rendia importante cada um dos nossos dias,criando assim essas lembranças tão marcantes e significativas para a memória e história da nossa família.
A minha mãe querida!
*Não poderia ser quem eu sou se não tivesse tido você sempre disponível e presente  me orientando e guiando com seu amor inabalável.
Feliz Aniversário Mãe!
Infinito amor!
Bergilde
Enviado por Bergilde em 12/04/2012
Código do texto: T3608375
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bergilde
Itália, 40 anos
119 textos (5684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/12/14 21:29)
Bergilde



Rádio Poética