CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

1121-HOMENAGEM DE ANIVERSÁRIO: 50 ANOS DE VIDA

1121-HOMENAGEM DE ANIVERSÁRIO: 50 ANOS DE VIDA
DO PROF. MAURO JOSÉ DE MORAIS

PRESIDENTE DA ANELCA-
Academia Nevense de Letras, Ciências, Letras e Artes.

O poeta tem apenas duas mãos e o sentimento do mundo. Por isso,  Drummond, pede, a quem ama:
"O presente é tão grande, tão imensa a realidade. Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas".

O mundo tem mãos que afagam, esculpem e colorem, produzem sons...sinfonias dentro das claves, criam acordes e harmonias, marcam ritmos, despertam amores, acalentam dores, adormecem temores e saudades.

Outras mãos escrevem sobre a emoção de saudosas  raízes, em poesia  para a grande festa, que hoje participamos jubilosos.

E como o poeta conhece e decifra, sem medo, a linguagem do amor, sabe, como a imortal Florbela Espanca, que para amar, perdidamente, e de verdade, é preciso ter a suprema coragem de viver intensamente,  na certeza do perder para se encontrar.

Quem, teve a coragem de Aquino,  sabe que a vida, a música, literatura e o amor, só valem se fizerem parte de um único projeto bem afinado.
Por incrível que pareça, disse Guimarães Rosa, três dias antes de morrer  a gente nasce, vive e morre. E, assinalou: "Esta vida horária não nos deixa encerrar parágrafos, quanto mais terminar capítulos..."

Mas o que tem a ver, o devaneio poético, com as  bem comportadas palavras, que devem constar de uma saudação de ANIVERSÁRIO DO PROFESSOR MAURO JOSÉ DE MORAIS, mui digno PRAESIDENTE DA ANELCA... poderão alguns indagar,  até porque, como bem disse o poeta Gabriel Nascente, "A poesia não pede licença pra chegar".

Se é verdade  que cantar é elevar a alma, numa doação de amor, vamos prestar nossa homenagem, com uma rápida afinação sobre a pauta criada pelo monge Guido D `Arezzo, que deliberou as notas musicais a partir do Hino ao Padroeiro dos Músicos, São João Batista. Eis o hino, no original em latim ,que traz as sílabas  iniciais grifadas:

UT QUEANT LAXIT
RESSONASSE FIBRIS
MIRA GESTORUM
FAMULI TUORUM
SOLVI POLLUTI
LABII REATUM
SANCTE IOANNES


Com o passar do tempo, o Ut foi mudando, mudando, até virar o Dó.
E  resultaram nas sílabas iniciais-notas dó, ré, mi, fá, sol, lá ,. Si, Dó.

Primeira Nota Dó...
Ut queant laxit

Um dia antes do Domingo...! Dois de Outubro! Dia da Fundação da ANELCA, em 1999.

Dia do SIM dos escritores Prof. Mauro José de Morais e Dr. Maurílio Laureano da Silva.

DOIS poetas que deram os primeiros passos através da adesão de diversos amantes da Literatura, que já haviam produzido poemas, romances, contos, crônicas, frases, ensaios, entre outros...

SEGUNDA NOTA: RÉ...
Ressonasse fibris

Recordações...das suas primeiras REUNIÕES informais , ordinárias e extraordinárias.

Terceira nota musical: MI
Mira gestorum

De mil - Problemas e de mil e uma soluções em busca do conhecimento...
Abram alas joguem flores,,, Lancem perfumes no ar...
Senhoras e meus senhores...Hoje estamos bem felizes, com MAIS UMA REUNIÃO MENSAL A REALIZAR-SE...O ANIVERSÁRIO DO PRESIDENTE MAURO JOSÉ DE MOARAIS A BRINDAR...Parabéns a cantar pelos seus cinqüenta anos de VIDA!
A  Fé  remove montanhas!
A Esperança sustenta a caminhada!
Bênçãos Especiais!
Não cai uma folha de uma árvore sem a anuência cósmica!
Uma reflexão científica do poder do Grande Arquiteto do Universo!
Vida plena de busca constante para solução dos problemas e de um recomeço natural....

Quarta nota : FÁ
Famuli tuorum

Familiares unidos! Ao lado de um grande homem, uma grande mulher forte que se chama Maria Aparecida, nossa amiga, reconhecida CIDINHA! Fama e prestígio! Fatos inesquecíveis! Recepções!Contatos sócio-político-culturais! Quem não conhece o dinâmico PROFESSOR MAURO JOSÉ DE MORAIS?
... de cabeça erguida! Laços de Família reunida.Filhos bem criados e ducados. Estudantes dedicados!

Quinta Nota: Sol
Solvi polluti


Sol com raios brilhantes de Esperança!Solmização! União do povo de Ribeirão das Neves, em busca de novos conhecimentos.Ampliação do número de 40 cadeiras, para 100 na ANELCA.Eleição da patrona da Academia a exprof. Ilka Maria Munhoz Guirgel, personalidade que deixou rica contribuição social, educacional e cultural ao município.
 Reforma de Estatutos. Sede Própria! Contatos Nacionais e Internacionais.

 Superação de problemas! Lições de Vida!
Solenes Posses e Comemorações!

Sexta nota: LÁ
Labii reatum

Lá das lágrimas enxutas, lado a lado...Lágrimas de alegrias. Exemplos de Fortaleza, a buscar soluções! Numa casa NEVENSE, com certeza que às vezes, faltam bens materiais...mas com doações , trabalho árduo, ações realizadas...sonhos concretizados. “Faça da sua parte que eu ajudarei”. Estas palavras bíblicas reforçam toda a dedicação do professor Mauro José de Moacir, ícone da Academia Nevense de Letras.

SÉTIMA NOTA: SI
Sancte Ioannes

SI...Sinônimo de Felicidade! Síntese de União e Exemplo Familiar, Profissional, Cultural, Político, Humano e religioso.Perfeita Sincronia de ações nas Programações . Silêncio! Paz! Reflexão!Agradecimento!
Si...

Si de SILÊNCIO!

Uma atenção aos Acadêmicos que já se foram: Adão Ventura, Danilo Horta, Aquiles Marciano Cordeiro...

Por que chorar a partida
de alguém que da terra vai,
além dos muros da vida
existe a Casa do Pai...

Saudades, sim! Tristeza, não! Alegria, sim pela oportunidade de ter convivido e aprendido tanto com eles...

RETORNO À NOTA DÓ INICIAL

Mudança da Clave de SOL para o compasso da CLAVE de  DÓ.

Dois passos à frente...
Criação do Conselho de Ética, Ideal a nortear a conduta adequada, elevada para cada Acadêmico da ANELCA.

Nova Escola de Formação criada com a ENEA, para  futuros Acadêmicos. Incentivo maior e justo à juventude Artista, Poeta, Cientista, Escritora, Trovadora.
Sua função tem meta enriquecedora.

SARAUS LITERÁRIOS  de aplausos merecidos!
Integração com a Prefeitura e Câmara Municipal, com Secretaria Municipal de Cultura e outros órgãos; Universidades e Faculdades diversas, Academias de Letras e Associações Lítero-Culturais., com estabelecimentos de Ensino Público e Particular, etc...

RECONHECIMENTO!
GRATIDÃO!
PARABÉNS, Prof. Mauro José de Morais!

ANIVERSÁRIO, o que importa
dos seus  cinqüenta de VIDA,
é que sabe abrir a porta
para a Esperança vivida.
Que bom poder fazer conta!
Cinqüenta anos já passaram...
Cada segundo sem conta,
Os fortes LAÇOS marcaram...
Uma VIDA adocicada...
Quem quiser pode provar:
Que esse “Bolo” é recheado
De Fé, dividida ao lar.
Com Cidinha, que alegria
Bem juntos, agradecer
A graça desta harmonia
Que a família pode ter.
A Família reunida
Está feliz, podem crer
Tanta Amizade na vida
Fizeram por merecer...
Sob o manto protetor
Da Nossa Virgem Maria
Não há tristeza nem dor
Só perdão e alegria.
Aceite decoração
A homenagem feita em verso,
Com carinho e gratidão
Ao Criador do Universo.
Acadêmicos, irmãos,
Vamos viver de mãos dadas,
Onde há correntes de mãos,
Não há mãos acorrentadas.
Belo Horizonte, 26 de novembro de 2005.

Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 18/04/2007
Reeditado em 18/04/2007
Código do texto: T454043

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
5913 textos (582447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/14 03:24)