Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU POETA

Não me guarde na gaveta
Tão pouco me deixe esquecida na estante
Sou sentimentos a serem devorados
Sou o canto dos pássaros livres
Sou o vento que toca e espalha o cheiro no ar
Sou a entrega mútua
Sou a poesia em lágrimas
Sou o riso frouxo
.
Sou a recitação do Orvalho em cada amanhecer
Sou a prosa entre um café e outro
Mais, só sou se você me usar...devorar-me com os olhos.
Deixe que seus lábios cante meus versos e declame todo o Amor... Sinta... Pegue-me em pensamentos
Mais,  não me amasse, no me jogue em um canto qualquer.
.

...Sou infinito
.

Sou abstrato...
.
...Sou Aprendiz, sem lado
...Sou o sangrar da Alma inquieta
Dê ecos que corrói e percorre o meu silêncio
RE.CI.TA.ME sem desespero...
Saborei-me
Sou poesia viva!
Nua... Crua... Sou POETA ___Sou POETISA
.

20 de outubro dia do poeta
CristinaRSigammeosbons
Enviado por CristinaRSigammeosbons em 20/10/2017
Reeditado em 20/10/2017
Código do texto: T6148466
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CristinaRSigammeosbons
Capelinha - Minas Gerais - Brasil
145 textos (990 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 23:30)
CristinaRSigammeosbons