Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDÔ-ME


         Perdoe-me querido (ah, "querido"!!!), perdoa-me. Meu coração chorou nesse domingo tão lindo, tão cheio de sol, de luz e claridade!
Mas, não sei o porquê.  Desisti de viver uma ilusão, uma quimera. Cansei de molhar o meu travesseiro com lágrimas de dor. Já chorei por você de alegria, sim, eu choro de alegria. São as lágrimas da emoção, do prazer, do êxtase. Hoje, não encontro mais essas lágrimas, pois acordei da minha inocente fantasia. Cansei. Quero viver um momento bem real, mas não será com você, não chorarei de prazer como chorava por você antes. Agora, por você as lágrimas são só de dor...e de saudades, mas elas vão secar, juro.
Estou mudada, Você é o ontem, preciso do hoje, do agora para ser feliz amanhã.Mesmo assim, obrigada, valeu, aprendi, um pouco tarde, que as lágrimas choradas por prazer são mais o meu estilo.
Adeus.

Dezinha
Publicado no Recanto das Letras em 09/09/2007
Código do texto: T644800
 Indique para amigos
Denuncie abusos





Comentários

Comente


Sobre o autor

Dezinha
Belo Horizonte/MG - Brasil, Escritora Amadora
153 textos (8791 leituras)






 Ajude-nos a divulgar o Recanto das Letras.
Saiba como: clique aqui
 

Capa | Cadastro | Textos | Áudios | Autores | Mural | Fórum | Escrivaninha | Regras de Uso | Links | Anuncie | Ajuda | Contate-nos
dezinha
Enviado por dezinha em 09/09/2007
Código do texto: T644822
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dezinha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
175 textos (13713 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:57)