Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renato Russo

Sempre há esperança nos corações cerebrais
O corpo aumenta a dosagem de dor mais do que precisávamos
A vida indigna de nossa presença, se torna cada vez mais vã
O medo é sempre um bom aliado das barreiras mentais
Meu medo é perder a chance de liberdade

Criei em você pouco do que precisava
Tenho você como extensão do meu ser
E cada vez que eu te vejo eu me vejo
E é naturalmente improvável que eu me apaixone por meu espelho
E por via das dúvidas e por mera acomodação sobre a incerteza
Acabo ficando com o mais fácil e o mais acessível

Era meramente chato tentar contornar todas as situações
Caso eu precisasse de alguém eu não iria achar a essa altura
Caso eu caísse, meus calos impediriam a dor
E eu me reergo em cada nova voz que canta meus ideais

Era verdadeiramente sangrento a vida terrena
Claro que eu pasmo ficava a cada nova novidade
Era um mar de bons fluídos emergindo da lama do caos
E numa terra sem lei aprendi a ser rei
E num mundo hostil ergi meu nome e meus pensamentos
Darlan Santana
Enviado por Darlan Santana em 14/09/2007
Reeditado em 14/09/2007
Código do texto: T651894
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darlan Santana
Aracaju - Sergipe - Brasil, 32 anos
139 textos (6331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 00:14)
Darlan Santana