Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

''Linda, amiga linda.''

Linda você é linda
E negra por fora
E branca por dentro
Seu sangue...
Não é vermelho
Ele é azul...
Como o infinito céu
E tem até estrelas
Que servem de glóbulos
Ao sistema solar...
Dessa voz tão amiga

Linda você é linda
E por isso linda
Confesso-te, amiga.
Que sou seu amigo
Conte comigo, sempre.
Hoje, agora e amanhã.
Depois da amanhã
A qualquer hora
Que eu estou aqui

Linda você é linda
Sempre quando te procuro
Com a cabeça, cheia de problema.
Você vem...
Consolar-me com sua voz
Tão amiga e tão doce no falar
Conte comigo, amiga linda.
Que eu conto contigo linda
 
Amiga, linda de ontem.
Amiga, linda de hoje.
Amiga, linda de agora.
Amiga, linda de amanhã.
Amiga, linda de depois de amanhã.
Amiga, linda de qualquer hora.
Conte comigo, linda amiga.
Que eu conto, contigo linda.
Estou sempre aqui...
Bem perto do seu coração
Minha linda...
Sempre minha linda amiga.

José Aprígio da Silva.
Feito: Em 84.
Correção: 24/09/07.
Ampliação: 24/09/07.

Esses versos foram feito em homenagem a você: ARLINDA que em 84, quando da nossa luta por moradia. O que amiga fez por nós, naquela luta não esqueço. Lembro-me que a amiga levou a nossa
administradora. A nossa ex-governadora Maria de Lurdes, dois lindos poemas falando de nossa cidade e pedindo que ela ficasse na administração de Ceilândia, depois ela me enviou pelo correio um lindo cartão agradecendo os poemas, eu tenho guardado até hoje. Linda não dar pra esquecer de você nunca ARLINDA, que DEUS te abençoe sempre. Esse lote que tenho hoje foi parte dessa luta, que eu não vendo, não dou e não empresto deixo isso pro meus filhos resolver no futuro bem distante, assim eu espero. Abraços amiga linda, linda amiga.
 
José Aprígio da Silva.


 
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 24/09/2007
Reeditado em 31/01/2008
Código do texto: T666278

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 54 anos
1489 textos (134329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 17:42)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA



Rádio Poética