Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor de gratidão

A minha postura

Se minha postura é esta
A meus pais agradeço,
Essa aura de poeta
Não sei se tenho ou mereço,
Eles me ensinaram
A falar só a verdade
a olhar o outro com amor
deixando pra lá a superioridade,
O ódio, a inveja e o rancor,
Seja branco, negro ou mulato,
Seja ele rural ou urbano
O que importa de facto
é que é um ser humano.
Isto eu agradeço a meus pais,
O dom, eventual, de escrever
Não vale nada de mais
Se for utilizado para fazer sofrer,
O poeta é ele um fingidor
Mas eu não quero fingir,
Gosto de realçar o valor
Daqueles que vivem a sorrir,
Esta vida é pura hipocrisia,
Valoriza-se quem vive a mentir
E ignora-se quem ama dia após dia,
Amar tem muitos significados,
Mas amar é sempre amar
Benditos os abençoados
Com essa forma de singrar,
Pai contigo isto aprendi,
Por nada te quero desiludir,
Sei que tu olhas por mim
E que me queres ver a sorrir.

Bem Hajas Pai e que Deus te proteja lá bem nos Céus

Francis
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 29/09/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T673147

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 59 anos
637 textos (32147 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:00)
FrancisFerreira