Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ANATASHA... MINHA ILUSÃO DE ANIMAL!
**********************


Olhar inocente,

sem inocência!


Pelos sujos pela superlotada falta de tempo!


Jeito rebelde,

sem intimidar.


Boca em cara que me envergonha do rosto quando tenho a mesma boca.


Travessa harmonia que transforma a semelhança dos nossos acordes quando posso ter uma cara e um rosto,

e ela, sempre com uma cara, tem somente o rosto!


©Balsa Melo

12.12.85

Minas Gerais


BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 08/10/2007
Código do texto: T686253
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:26)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)