Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAI

(Tereza Cristina Saraiva)

Pai, quantas vezes disse o quanto te amo?
Esqueço muitas vezes.
Mas nunca esqueço de cobrar a mesada, o presente...
E esqueço sempre que isso tudo está presente com a sua presença.
Pai! Esqueci de te dizer tantas coisas mesmo aquelas sem importância.
Esquecemos de rir das broncas que eu tomava quando criança se é que cresci.
Ah pai! Se eu tivesse o dom de voltar um pouco no tempo, eu te diria todos os dias o quanto te amo.
Pai! Hoje por ser o seu dia me lembro de sair correndo comprar uma lembrança.
E esqueço de dá o primeiro bom dia!
Pai muitas vezes vi você chorando, mas me ensinaram que homens não choram, devia ser algum cisco no olho.
Pai! Não posso retornar o tempo.
Mas posso fazer um novo começo
Dizer que tenho muito orgulho de você
E dizer que TE AMO.

Tekinha
Enviado por Tekinha em 19/10/2007
Reeditado em 09/08/2015
Código do texto: T700648
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tekinha
Salvador - Bahia - Brasil
189 textos (14350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 09:22)
Tekinha