Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amiga Livia

    Uma vez me disseram que amigos não se escolhem, a vida nos presenteia com eles e os destinos se cruzam. Tenho muitos colegas, amigos são poucos, poucos são os em quem confio verdadeiramente. Por motivos de trabalho, namoro, enfim as adiversidades da vida fizeram com que eu paresse de vê-los com frequência, porém não fui desamparado. Pude ver cometas nesse meio tempo, lindos, cheios de luz, rápidos, passageiros. Todos estão guardados na memória, porém não estão presentes.
    Finalmente vislumbrei as estrelas, nossas linhas se cruzaram e sem delongas apertou-se o intrinseco laço que é a amizade. Há quem não acredite em amizade homem X mulher, eu não. Esse pensamento é de quem não sabe tratar uma amizade ou uma mulher. O ferro que soldou tal amizade começou a esquentar numa rusga há quase um ano, depois os animos se acalmaram, os mediadores vieram.
    Convivi madrugadas a fio com ela, houveram outras pessoas sim, porem, ninguém como aquela. Brincalhona, sempre prestimosa, pronta a ouvir e falar, tendencia a exagerar sobre os amigos, sempre pondo-os para cima. Ela é uma guerreira que se divide em faculdade, trabalho, casa, namorado, amigos e mesmo cansada o faz bem feito. Bonita, alegre, extrovertida, inteligente, empatica, com senso de justiça, certo e errado, definitivamente uma ótima pessoa.
    Passando eu por um momento difícil, não tardou em me animar, sempre me estimulando e mostrando minhas qualidades. Uma vez ela perguntou quando escreveria a seu respeito, porém , ela nem precisava pedir. Ela é uma amiga tão especial que mais cedo ou mais tarde ele iria surgir, palavras brotam como que do nada para compor sobre ela. Este texto já estava na alma, só faltava ir pro papel.
    Nunca formam citados nomes em nenum dos meus textos, este é o primeiro. O nome dessa super mulher é Livia. Livia só conheço duas, e as duas são minhas irmãs, conselheiras, repressoras, enfim são muito especiais e espero tê-las por perto durante muito tempo. Agradeço as Livias por fazerem parte da minha vida, meu cotidiano. Obrigado  mais uma vez.
Símio
Enviado por Símio em 26/10/2007
Reeditado em 29/12/2007
Código do texto: T710606
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Símio
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
113 textos (7627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:19)
Símio