Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Halloween

Halloween

Eu já fui endeusada, amada, temida e maldita.
Já ardi nas fogueiras da incompreensão, tortuda por enxergar mais longe.
Já participei do Hiero Gamos, já assisti as fogueiras de Beltane e celebrei os equinócios.
Já dancei nua nos festivais da colheita e da fertilidade, já espargi amor livre em plena sintonia com o prazer.
Já me mesclei a terra, me fundi as noites, viajei com o vento e brindei a vida com Gaia.
Entendi o trabalho infinito das Moiras, caminhei no vale da morte e aconselhei Koré em sua tramsformação para Perséphone.
Muitas vezes tive que me esconder em contos infantis vestida de fada o u entre brumas na segura Avalon.
Carreguei pedras para construir Stonehenge e aprendo com os druidas a antiga sabedoria das ervas.
Impedi o fim do conhecimento da magia transmitindo oralmente seus sortilégios e segredos sem me preocupar com distinção de cor, a magia é única, negra ou branca é uma opção de escolha.
Hoje buscam sorver da minha antiquíssima fonte de forma mais aberta, em Covens, Wicca e outros, é a certeza da minah imortalidade.
Comemoram Halloween ou All Hallow, difarçam com abóboras, travessuras e gostosuras minha festa Pagâ. Não me importo, como nunca conseguiram me vencer, resolveram mascarar minha homenagem, atrás de minha inseparável capa, agradeço e gargalho à lua e a noite, minhas eternas companheiras.

Leonardo Andrade
 
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 29/10/2007
Código do texto: T714866

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1506 textos (64297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 17:14)
Leonardo Andrade