Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe

Hoje 01/11/2007 19 anos que partiste, e ainda sinto sua presença carinhosa, e amorosa. Quando fito teu olhar, em foto esmaecida pelo tempo, percebo com melâncolia, as oportunidades perdidas de dizer -  TE AMO. O quanto nós, filhos ingratos, quando a tínhamos por perto, no egoísmo de nossos corações infantis, não lhe retribuímos o amor incondicional, que nos dedicava.
Hoje, ao lembrar o cheirinho do pão recém saído do forno, o gostinho do bolo de fubá, o tempero do simples arroz com feijão, que com todo o seu carinho nos servia, me bateu a saudade, do teu abraço, do calor do teu beijo, do conselho, nas horas de dúvidas e incertezas. E, essa dor só  não é maior, pois sei, que um dia nos reencontraremos, e que Deus em sua infinita misericórdia, me dará mais uma oportunidade  de te olhar nos olhos e de dizer:- TE AMO, de sentir novamente teu abraço, receber teu  beijo.
Espelho-me em ti, minha mãe, a mulher de fibra, batalhadora, dedicada e responsável.
A esposa fiel, dedicada, a mãe que cuida, que se preocupa e que ama seus filhos.
Obrigada Mãe, por todos os valores que nos ensinou, e por ter sido a minha Mãe, e por ainda espiritualmente iluminar os meus passos.





SilScher
Enviado por SilScher em 01/11/2007
Código do texto: T718836
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SilScher
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
150 textos (9988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:35)
SilScher