Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Louvação aos poetas do Recanto

Louvação aos poetas do Recanto

Faço a minha louvação
Ao que deve ser louvado:
Do Recanto os poetas
Sensíveis, sábios, estetas.
De estro tão inspirado,
Tocado pela emoção.
Louvo a graça, a ternura,
Levadas pela doçura,
De um aberto coração.

Faço a minha louvação
Ao que deve ser louvado.
Louvo o rumo, louvo a meta
Seguidos pelo poeta
Deste grupo bem formado.
Que os deuses do Olimpo,
Generosos e benfazejos,
Atendam os seus desejos,
Enriqueçam-lhe o garimpo.

Faço a minha louvação
Ao que deve ser louvado.
Do verso puro, castiço,
Ao chiste, a graça, o feitiço,
De um poeta inspirado.
Bem sincera, bem sentida,
Sai a minha oração:
Que seja de festa a vida
E de paz a devoção.

Fiz a minha louvação.
Que o Senhor seja louvado!

Com muito carinho,
Christina
Christina Cabral
Enviado por Christina Cabral em 15/11/2007
Código do texto: T738700
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christina Cabral
Aracaju - Sergipe - Brasil, 88 anos
59 textos (5853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 13:37)
Christina Cabral