Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a Alice da Costa

Alice Vicente da Costa

Branca, branca para todos nos.
Mas sua vida não passou em branco por onde andou.
Deixou saudades,muitas saudades, e se saudades doí, com esta doí!
Deixou-nos ensinamentos de como as alegrias tem que ser vividas e se  fazerem presença a cada um de nós.
Branca,branca da pureza de alma. Pura como a brisa que passa sem que não seja notada, o seu perfume, a pureza e sua avidez.
Branca, branca de alvura de alma.Como também era  sua vida, como um espelho que reflete a esperança, a luta, a garra, para que sejamos o seu reflexo.
Branca,branca de atitudes,de honestidade, de amiga,de tia,de irmã, de filha,de gente que era gente.
Branca e alva também eram suas roupas que ela cuidava com grande zelo para toda família.Tinham de ser bem passadas, engomadas,brilhosas, como era o brilho de sua alma.
Branca,tia branquinha, nome carinhoso dado por toda a família.Tentaremos dentro do possível e saudosos que sua falta não se torne muito negra em nossas vidas,pois a brancura de suas atitudes faziam parte de você e que agora faram  parte de todos nós como exemplos seus.
Branca,só o tempo não conseguiu colorir de branco os seus cabelos negros sedosos e brilhantes ,como ao contrário,foi toda em branco a sua trajetória entre nos.Em cima de seus oitenta e quatro anos não havia sequer um cabelo branco.
Branca do sorriso aberto e sincero,das piadas,do botão de veludo, do prega ou sem prega, e tantas outras coisas. Saudades. Ha! que saudades doída.
Branca, branquinha, carinhosamente pra família.
Que saudades.
   -Nossas saudades e tristezas, sabe tia,é somente por alguns dias, que agente não é de ferro com a senhora o era. Logo a seguir a gente consegue voltar ao normal como a senhora sempre assim o foi.Pelo menos tentaremos como exemplo fazer de nossas vidas um pouco da brancura de sua alma.
                                                Saudades tia......saudades.
                     Homenagem de seu sobrinho,Dinêy Marques.

Diney Marques
Enviado por Diney Marques em 16/11/2007
Reeditado em 05/12/2012
Código do texto: T739633
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diney Marques
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
359 textos (53195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:43)
Diney Marques