Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Sandro"

Tempo! Assaz! Contundente em trajetórias tão distintas e próximas.
Próximas entre as almas que movidas pela paixão, ressurgem.
Distintas apenas pela uniformidade cotidiana, nos tornando seres inatingíveis.
Mas busco-te, entre as montanhas e as águas do rio, que da serra brotam. O avisto em cada amanhecer, relembrando apenas daquilo que imaginei, e tão somente aceito que mesmo distante ainda o tenho.
E permita Deus, que o tenha aqui comigo enquanto o eterno se faz presente. Que nesta constante busca pela felicidade eu perceba o quão próxima estou de tocá-lo. Que faz matéria, suas palavras, que eternizadas já estão em meu sagrado coração.
Justo se fez o homem de palavras sutis. Amável na medida certa, incapaz de ferir-me, ausentou-se. Ainda assim, oculto estás entre minhas leituras, deixando apenas o rastro indizível da sua presença: “É a minha rosa...”



Houve uma época em minha vida, que amigos inexistiam, e a vida me obrigava a exercer o difícil ofício de companheira da solidão. Envelheci e me alienei. Diante da minha necessidade de buscar uma fuga, principalmente no meu imaginário, encontrei alguém que, mesmo distante, me proporcionou um impulso para me restabelecer, voltar à vida. E ainda hoje, apesar de perdermos todo e qualquer contato, percebo o quão preocupado és comigo. E isso me faz a pessoa mais especial do mundo.


Sandro; ainda ontem reli sua última mensagem, e acredite: “ela me impulsiona para a vida, até consegui encontrar um novo amor.. veja só, eu encontrei uma forma de amar sem me magoar.. isso é inédito, não acha?


Sem a sua permissão resolvi transcrever a mensagem, creio que isso é um estimulo para que as pessoas acreditem na força que as palavras nos transmitem. Vindo de ti, querido amigo, são muito mais do que estimulantes... são palavras que aceleram a vida para uma estrada sem fim...


" Embora o amor seja humanamente expresso e humanamente concentrado, é sem dúvida uma emoção divina.Pelo menos, é a mais divina, a mais infinita de todas as emoções que permeiam a conciência humana.
O amor, em sua plenitude é perfeição, é a suprema dávida às dignidades essenciais do homem. Foi o amor quem fez do animista uma imagem de seu criador e o tornou impar no universo.
O amor constitui a ligação eterna, indestrutivel do homem com o Ser Maior.
O amor provém da intuição cósmica, da inspiração infinita, e raramente está em concordância com o raciocinio finito, do qual jamais se deriva.
O amor pode mostrar-se pela capacidade de sonhar, admirar arte, ouvir música, ou mesmo em silêncio.
Quando em contato com o que há de melhor dentro de si mesmo, o ser que ama é capaz de perceber o que há de melhor no ser amado. "

Aquele que ama constrói o ser amado com o melhor potencial que existe dentro de mesmo.

-------------------------------------------------

O tempo não passa você é eterna!!!

FELICIDADES...


 


Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 21/11/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T746254

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 45 anos
532 textos (38804 leituras)
1 e-livros (264 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:13)
Anita Fogacci