Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARICI BROSS - O POETA NÃO MORRE

O Brasil inteiro, o Brasil e o mundo poético páram e silenciam.
O céu se abre para acolher àquele que fez da vida uma poesia.
Falou da beleza da terra, dos homens, das flores, da natureza,
do céu, das estrelas, da imensidão do mar; porque muito soube amar.

Marici Bross descansa nas mãos do criador
de onde um dia saiu.
Voltou para a casa paterna para continuar
fazendo o que de melhor sempre fez: escrever poesia.
Viveu a poesia em cada passo, palavra, foto, sorriso, abraço;
porque para ela, a vida foi poesia, foi canção de amor.

Enquanto olhamos para o céu sem nada entender
e olhamos para o chão com olhos cheios de lágrimas,
uma prece de gratidão nasce no coração,
porque Deus permitiu que ela vivesse estes anos conosco nos ensinando a fazer poesia.

Na mente e no coração de milhões de pessoas
sua lembrança, sua imagem, sua força, sua poesia
continuarão sempre vivas, ecoando pelos quatro cantos da terra;
inspirando muitos a fazer poesia e outros, a viver melhor.

Hoje os anjos fazem poesia com Marici.
Cantam e dançam, celebrando a alegria da sua chegada ao céu.

Descanse em paz sempre POETISA MARICI BROSS.

Nosso abraço, preces, carinho e amizade aos familiares e amigos.

O POETA NÃO MORRE, POIS FICA NO CORAÇÃO DAS PESSOAS!

Hermes José Novakoski

***********

OBS.: Deixe sua contribuição, sua homenagem (pode ser em uma frase, palavra, poesia ou mensagem). Vamos publicar neste espaço.

*************

CONTRIBUIÇÃO/PARTICIPAÇÃO DE AMIGOS(AS):

"Que nossa saudade, seja substituida por uma doce lembrança".
Malu Mourão.

********

O POETA VIVEU...
 
O poeta amou, vibrou e viveu.
Nas páginas da vida
Seus versos escreveu!
 
Graça Cardoso

********

Lágrima
para Marici

grito mudo
que garoa insistente
nos olhos da gente

Rosa Pena

********

"Os poetas não morrem, pois continuam a viver através dos seus versos! Um pensamento de luz, para a querida poetisa...Que hajam muitas flores, no seu novo caminho!"

Zélia Nicolodi

********

Para marici:
Enquanto repousas no céu de alegria,
escutas a prece daqueles que para sempre,
serão teus amigos!

Angela Lara

********

Os pássaros por momentos emudeceram,
o dia tornou-se cinza e tristonho,
morreu a poetisa que embalava sonhos,
ficaram os versos luminosos de sua passagem pela vida.
À eterna musa da poesia: flores, luz e paz na eternidade.
Saudades imensas Marici.

Maurélio Machado

********

Qual pássaro silencioso Marici voou de volta à casa do Pai.
Sabemos que para o amor e a amizade não existe espaço nem tempo, o que nos dá uma acerteza: o espírito de Marici continuará para sempre entre nós, de uma forma ou de outra, embora a presença física faça falta.
Que tua alma Marici esteja na paz do senhor!

Beatriz Philippsen Kappke

********

Marci Bross que os anjos a levem com toda sua poesia e as portas do Céu a receba com trombetas e louvores e descanse em paz. Amém.

sogueira

********

Marici Bross “In memoriam”

A poesia empobreceu Marici nos deixou...
Pelo espaço flutuou
Ao reino do Pai, regressou.
Vá em paz, amiga querida!
Siga a viagem dos mortais
Te aguarda, a antiga morada
Os entes, que na terra amastes!
E tantas vezes acalentastes.
Tristeza foi o que restou
O espaço feliz te acolheu!
Uma nova estrela brilhou
A poetisa renasceu...
À você amiga querida, minha homenagem Saudade...

Nadir A D’Onofrio 27/11/2007 - Serra Negra SP

********

Pois teu ser HOJE é amor!

PARA MARICI BROSS

Tenho no peito um vazio,
uma saudade nele se instala,
sei que falta alguêm a meu lado,
não sei o que de si foi feito...
Uma sensação se apossa de minha alma,
inquieto noto sua ausência...
Onde estará agora aquela que me falta?
Por quais caminhos andará agora?
Com quem falará,
em quem teus olhares derramarão teus carinhos e teu respeito? Silêncio...
Nem o vento faz barulho...
Enquanto revira as folhas soltas na estrada!
Silêncio...
Até o pulsar de meu coração se cala!
Silêncio...
Emudecem minha voz e meus pensamentos...
Silêncio...
Algumas lágrimas descem pelos caminhos encravados em minha face, pelo tempo!
Silêncio...
Silêncio!
Silêncio!
A súbita lembrança de tua imagem,
o tom e a doçura na lembrança de tua fala,
teus olhos tocando os meus olhos, -memória cara,
fazem com que tudo esteja perfeito...
Tu que eras apenas pulpa, crisálida,
agora completares a tua metamorfose...
Agora estas plena...
Agora linda borboleta...
Naturalmente para outras paragens empreendera vôo...
Com o bater suave, silêncioso de suas asas...
Fostes morar em outras paragens...
De flor em flor...
Não deverei temer a separação, poderei controlar a saudade...
Não chorarei prantos de dor...
Pois estas comigo!
Teu ser, tua vida, teus sorrisos de alegria, teu olhar...
E tuas palavras...
Carrego em mim...
Estão comigo..

Edvaldo Rosa

********

"No livro da vida,Marici escreveu um poema  com
Dignidade,Fé,Amor e Esperança"
 
Equipe Linha Aberta Para o Céu
www.linhaaberta.com.br

********

ENVIE VC TAMBÉM SUA CONTRIBUIÇÃO/HOMENAGEM À MARICI BROSS
Hermes José Novakoski
Enviado por Hermes José Novakoski em 27/11/2007
Reeditado em 09/12/2007
Código do texto: T755423
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hermes José Novakoski
Marituba - Pará - Brasil, 36 anos
489 textos (405972 leituras)
1 áudios (84 audições)
2 e-livros (444 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:07)
Hermes José Novakoski