Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO REI DO RECANTO

A ti querido mestre toda honra
És uma máquina de sonho e poesia
Fantástico fabrica tantos sonhos
E versos que nos levam a outros mundos
Seu unverso imenso as galáxias
A mente que não pára um só minuto
As mãos que parindo versos e sonetos
No coração só pulsa as palvras
Contigo essa viagem não termina
Tristeza sempre foge, elimina
Envolves e seduz com todo charme
Humilde professor entusiasta
Mereces mestre, todas as homenagens


O MEU QUERIDO MESTRE E PADRINHO, MARCOS LOURES,
GONÇALVES REIS


                ********************
  

- PARA VOCÊ, MEU GRANDE AMIGO


Quem dera se eu pudesse traduzir
Em versos a emoção que me tomou
Ao ler esta beleza a refletir
Uma alma que decerto iluminou

Os passos deste pobre trovador
Que tenta e mal disfarça a tentativa
De ser tal qual o velho cantador
Que no Nordeste fez-se patativa.

Um simples repentista não merece
Palavras tão sublimes de um poeta.
Eu venho agradecer, amigo, em prece
À tua alma divina e tão repleta

De doce poesia alvissareira
Dos Reis um sonetista de primeira!

PARA O GRANDE AMIGO E

SONETISTA GONÇALVES REIS

 

MARCOS LOURES

Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 04/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T765128

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (73731 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:14)
Gonçalves Reis