Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAJU E CASTANHA, UMA JUSTA HOMENAGEM (Luc Ramos)

CAJU E CASTANHA   (Luc Ramos)
Acho muito dificil, atualmente, nos anos 2007 alguém não ter ouvido falar, escutado suas musicas, ou mesmo, te-los vistos cantando em diversos programas de Televisão, estou falando da dupla Caju e Castanha, inclusive eles tem um programa na Radio Tupi AM aqui em S.Paulo que é lider do horario das 2 as 4 horas da manhã. Essa dupla de emboladores e cantadores, surfam nos forrós, nos bregas e nas emboladas com muita picardia, são considerados por muitos “a cara do Brasil” pela sua história de vida, honestidade, humildade, simpátia e sobretudo talento. Não é atôa que foram em 2006 indicados pra o famoso Premio Grammy Latino, com o CD Andando de Coletivo,lançado pela Gravadora Trama. Essa dupla nordestina compósta por tio e sobrinho, começou com os dois irmãos, que após muito suor e luta, conseguiram um lugar ao sól, nésta cidade de S.Paulo, com a ajuda dos radialistas Mano Veio e Mano Novo, e do cantor e compositor Teo Azevedo. O Caju anterior, o irmão mais velho da dupla,morreu em 2000, vitima de cancer. O atual Caju ( o sobrinho Ricardo ) substituiu a altura o tio falecido e junto com Castanha (seu tio) continuam com suas tradicionais apresentações alegrando o povo brasileiro, principalmente os nordestinos, com suas canções as vezes romanticas, outras apimentadas e as emboladas, jogos de trava-lingua e outros temas nordestinos em cujo genêro, eles são sem dúvida alguma os melhores do Brasil. Essa dupla, pela qual o cineasta Valter Salles tem um grande carinho, participou do documentário “ A Saga de Castanha e Caju contra o Encouraçado Titanic “ e “Nordeste: Cordel, Repente, Canção.” De Tania Quaresma..Além desses documentários, centenas de entrevista, mostram que eles tem muita aceitação na midia brasileira por causa do seu carisma e simplicidade, e foi por esse mesmo motivo que eu resolvi escrever este humilde resumo, como admirador e amigo da dupla Caju e Castanha, e sendo testemunha diária da ascensão desses artistas aproveito o ensejo para desejar-lhes: Muita saúde, muita sórte, e que continuem alegrando com seus mótes o nosso sofrido povo brasileiro, seus admiradores e fãs. (Luiz Carlos Ramos, Escritor e compositor.)












Luiz Carlos Ramos
Enviado por Luiz Carlos Ramos em 06/12/2007
Reeditado em 10/05/2011
Código do texto: T766919

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Carlos Ramos
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 70 anos
224 textos (39730 leituras)
69 áudios (5342 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 16:51)
Luiz Carlos Ramos