Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetas

Confesso...

Acho fascinante  a mistura: Homem & Poesia!

Poetas são seres “diferentes”...

Falam de sentimentos sem o menor pudor,

Sem medo de serem considerados “frágeis”...

Falam a “nossa língua”... Conhecem o nosso espírito!

E, maravilhas das maravilhas, não apenas nos ouvem,

"Poetas... Nos entendem!"

Dizem “eu te amo”, sem a gente pedir!

Poetas têm uma “alma meio feminina”...

E tudo isso, sem perder um pingo de masculinidade!

Costumam ser bons amigos e ótimos amantes...

Poetas são seres observadores...

Notam quando cortamos os cabelos ou usamos roupa nova

Conseguem descrever uma mulher nos mínimos detalhes,

Fazendo verdadeiras odes a uma voz, um sorriso, um olhar...

Poetas são estetas, no sentido mais amplo da palavra!

Amam o belo, cultivam um gosto especial pela vida...

São idealistas por natureza e através de sua poesia,

Tornam o mundo melhor, fazem-no mais ameno e caloroso.

"Um poeta quando ama é para sempre!"

(Eternidade esta, relativa...)

Mas quem já teve o prazer de ser amada por um deles, sabe:

“Jamais será completamente esquecida!”

Permanecerá  no  pensamento, como um poema inacabado.

Talvez, o mais perfeito de todos!

Há os que escrevem poesias eróticas:

Esses para mim são uma categoria a parte...

Eu os amo, confesso! São sedutores e irresistíveis!

Sabem valorizar a beleza feminina...

Fazem de um simples beijo um momento sublime,

E do ato de fazer amor,

"A mais perfeita comunhão de corpos e almas!"

Em seus versos, toda mulher torna-se uma deusa.

Contudo, amar um poeta, não é tarefa das mais fáceis.

É preciso certo jogo de cintura...

É preciso entender-lhes a alma...

Não tentar jamais impedi-los de sonhar,

Pois sem sonho... Não há poesia!

É preciso compreender, quando “alguém” diz 

“reconhecer-se” em versos que julgamos “Apenas nossos”...

Isso não importa! "Fantasiar é um direito de todos"

Ciúmes e inseguranças a parte, continuo adorando os poetas!

Ainda que alguns não sejam “exatamente"

Digamos..."Um modelo de fidelidade"

O que se há de fazer?

Da minha parte, estão totalmente perdoados!

Se alguma “culpa” existe...

Não é desses nossos homens com alma de menino...

Mas dessa rara, linda e inexplicável “veia poética”.




Image Hosted by ImageShack.us


Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 02/12/2005
Reeditado em 30/04/2013
Código do texto: T80160
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164698 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:40)
Carinhosa