Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOIDO NORMAL

Se eu fosse normal
Queria ficar doido.

Ficar doido de vez.

Mas, como sou meio doido
Transvisto-me de normal.

Normal lucidez.

Assim, nem doido e nem normal.
Um pouco de normalidade burocrática
Pra manter a vida,
Um pouco de doideira lunática
Pra não perder os meus versos.

Por que poeta normal de tudo há?

jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 26/01/2006
Código do texto: T104364
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:30)