Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mentecaptos

Inverno. Na reta que se segue, encontro um louco. Diz que é um pato e voará para o sul. Enruga os lábios, imitando um bico, e grasna deveras como um pato selvagem. O coitado é louco. Digo que sou uma galinha e boto um ovo. Olha indignado e me chama de louco. Agita os braços para cima e para baixo, grasna novamente e decola para o sul.
Marcelo Melero
Enviado por Marcelo Melero em 29/01/2006
Reeditado em 08/10/2008
Código do texto: T105375
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Melero
Curitiba - Paraná - Brasil, 50 anos
38 textos (5803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/17 21:42)
Marcelo Melero