Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tipos de vírus

TIPOS DE VÍRUS

(Autor: Antonio Brás Constante)

            Como existem inúmeros vírus cheios de nomes esquisitos circulando pela internet, pensei em alguns nomes mais apropriados para os mesmos, tais como:

Vírus cunhado: Se aloja na sua máquina, tomando totalmente conta dela, sem que você consiga retira-lo de lá.

Vírus Pai: Não deixa você fazer mais nada no seu computador.

Vírus chefe: Fica lhe espionando o tempo inteiro, e quando você menos espera acaba com todo seu trabalho.

Vírus político: Se apresenta de forma inocente, mas uma vez na sua máquina, corrompe seus arquivos, rouba seu dados e passa o tempo inteiro tentando lhe enganar.

Vírus religioso: Se encontrá-lo, você reza fervorosamente para conseguir retira-lo do seu computador.

Vírus sogra: Chega junto com o micro, e passa a inferniza-lo pelo resto de sua vida, fazendo com que seu equipamento se volte contra você;

Vírus mortal: Destrói toda uma vida de dados que estavam armazenados em seu PC.

Vírus chato: Você deleta, mas ele sempre reaparece para lhe incomodar novamente;

Vírus “serviço público”: Uma vez instalado, nada mais funciona direito.

Vírus “dívida externa”: Vai se multiplicando como os juros do FMI, até acabar com todo espaço de memória da máquina.

Vírus recordação: Deixa você cheio de saudades dos arquivos que se foram.

Vírus astronauta: Manda todos os seus dados para o espaço.

Vírus gestante: Se você não tivesse entrado ali, sua máquina não teria ficado naquele “estado interessante”;

Vírus comunitário: Invade seu equipamento e depois se espalha pelas máquinas de todos os seus conhecidos;

Vírus MST: Entra sem avisar, estraga tudo e some sem dar qualquer satisfação a ninguém;

Vírus penetra: Aquele que entra sem ser convidado, e apronta todas;

Vírus faxineira: chega e deixa tudo “limpinho”.

Vírus amante: Só está interessado na sua conta e senha;

Vírus divorcio: Leva todas as suas coisas com ele, deixando você sem nada;

Vírus cachaça: É um porre de se encontrar e dá a maior dor de cabeça para  conseguir retirá-lo;

Vírus Deus: Está em todas partes do sistema, porém não é detectado em lugar algum (pelo antivírus);

Vírus Bush: É super poderoso, adora invadir as máquinas do outros e quando consegue só faz porcaria;

Vírus tarado: Quando percebem, ele já entrou e fez tudo o que não devia fazer;

Vírus visita: Chega na sua máquina e ali fica, deixando você desesperado, pensando numa forma de fazer ele ir embora;

Vírus final: Termina com tudo, arquivos, dados, aplicativos, sistemas, e aproveitando esta deixa, também vou encerrando o texto por aqui.
(Site: www.abrasc.pop.com.br)
Antonio Brás Constante
Enviado por Antonio Brás Constante em 24/03/2006
Código do texto: T127851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Brás Constante
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 100 anos
399 textos (85236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:57)
Antonio Brás Constante