Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELIXIR DO RIBEIRÃO

Foi na praça da matriz em Cafundós, após a novena da mãe das dores que assisti um propagandista farmacêutico proferir seu reclame: - Meus amigos, o medicamento que trago aqui faz mulher juntar-se com o marido, dá vergonha a quem não tem, cabelo preto a quem tem cabelo branco, faz aparecer objeto desaparecido, dá notícias de parente que foi embora pra São Paulo. Um vidro é mil, três é quinhentos só não compra aquele liso pirangueiro que chama tostão de meu dinheiro. O remédio cura dores de estômago, má digestão, dor de cabeça e fígado, vexame no coração, golpe e raladura, pele irritada por causa de queimadura o elixir também cura. É indicado para o tratamento de curuba, ‘chanha’, pira, coceira, sífilis, hemorróidas, sete couros, verruga, bicho de pé, terçol, sarampo, vento caído, catapora, bexiga, papeira, desnutrição, vertigem, lombriga, vômito, ‘passamento’, dor de dente, dor de ouvido, dor de nariz, dor de garganta, diarréia, coqueluche, barriga d’água, indisposição sexual, suor frio, coisa ruim, amarelão, fadiga, fastio, frieira, constipação, caspa, pereba, ‘dordói’, tumor, insônia, cólica menstrual, ‘mal oiado’, espinhela caída, rouquidão, azia, chifre e falta de dinheiro.

Composição: Cachaça e suco do pau barbado,
Produzida e Engarrafada por: ALAMBIQUE Chiquimribeiro
QUÍMICO RESPONSÁVEL. Doutor RAIZ.

Chiquimribeiro
Enviado por Chiquimribeiro em 27/03/2006
Reeditado em 10/05/2015
Código do texto: T129124
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chiquimribeiro
Fortaleza - Ceará - Brasil
507 textos (70799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:27)
Chiquimribeiro