Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assustada, ela correu para o médico, na sala de espera todos curiosos olhavam, alguns arriscavam palpites.

Um veio olhou, olhou e disparou... Parece adenite, o do lado riu! Não está vendo que é gastrite, a moça que passava, escuta e fala: Vocês estão todos cegos, não estão vendo que é bem mais em baixo?

Foi lá, olhou bem de perto para certificar-se e disse: Já tive um que ficou mais ou menos assim, isso é orquite!

A enfermeira que transitava, ficou curiosa com a aglomeração, chegou perto, olhou e disparou... Orquite é coisa de testículos e isso, eu conheço bem, não é um testículo.

O tempo passava e todos curiosos na sala, até que um auxiliar de Raios X, vestido todo de branco e confundido com o médico, por ali, passou, todos correram trazendo o homem quase que a força... Doutor, doutor vem ver, diz para gente o que está acontecendo, tem até aposta aqui na sala.

Sem nem ter tempo de dizer, não sou médico, o pessoal insistia tanto, que resolveu palpitar, isso aí é Balanopostite. Que é isso? Todos perguntaram em uma só voz.

Explica o técnico, acho que é uma inflamação da ponta do pênis.
Finalmente chega à hora do paciente entrar pra ser atendido e entra nos braços de uma senhora, apoiando com a outra mão, o pênis enorme, dilatado, enrijecido do coitadinho que estava totalmente para fora do prepúcio (Pele que cobre o pênis).

O médico examinou, fez algumas perguntas e logo descobriu o pivô daquela confusão toda. Minha senhora, disse o médico veterinário, aquela cadelinha que a senhora tem lá na sua casa, está no cio?

A senhora respondeu sim... Então, o Bartolomeu não podendo
chegar até ela para cruzar, ficou com o pênis em ereção por muito tempo, fazendo com que ocorresse um estrangulamento do pênis e ele (pênis), ficou assim desse jeito, a essa patologia, chamamos de: Para-fimose.

O médico levou o animal que parecia estar até constrangido com  tanto reboliço, para o centro cirúrgico, reduziu o tamanho do pênis com compressas de gelo e recolocou o pênis na sua cavidade de natural.

Bartolomeu logo teve seu problema resolvido!
Lá na recepção, aquela decepção todos havia errado e ninguém ganhou a aposta.
 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 31/03/2006
Reeditado em 12/03/2012
Código do texto: T131550

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470136 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:24)
paulo cesar coelho

Site do Escritor